Portugueses aproximam-se do optimismo
Grupo Marktest, 20 julho 2004

Através dos dados de Junho do Barómetro Marktest/DN/TSF, observa-se que o valor do índice de expectativa, pela primeira vez em vários meses se aproxima do valor 50 (48.7).

placeholder

A população feminina mantém-se mais pessimista comparativamente à masculina, cujo índice atingiu 46.2 no primeiro grupo e 51.7 no segundo.

Analisando os resultados por grupo etário, verifica-se que a população mais jovem (18 aos 34 anos) é a mais optimista, com um índice de 53.6 (Optimismo Moderado), seguida daqueles que têm mais de 55 anos (de salientar que este grupo subiu 9.7 pontos, comparativamente ao mês anterior). Os mais pessimistas encontram-se entre os 35 e os 54 anos, com um índice de 44.8.

Em termos de intenção de voto, é claro o optimismo verificado em Junho por parte daqueles cuja intenção de voto é PSD, apresentando um índice de 70. Ainda que com um valor mais baixo (40.4), também aqueles cuja intenção de voto é PS, estão menos pessimistas, tendo este índice subido 12.6 pontos relativamente a Maio.

No que respeita às Regiões Marktest, o Litoral Norte, com um índice de 52.2, apresenta-se como o mais optimista, seguido do Sul (51.9) e do Grande Porto (51.5). Abaixo de 50 está a Grande Lisboa (48.3), o Litoral Centro (45.9) e o Interior Norte (44.9), sendo este o mais pessimista.

Consulte a Ficha Metodológica do Barómetro Marktest/DN/TSF.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais