PS, um ano de liderança

Grupo Marktest,  30 novembro 2004

A liderança do PS nas intenções de voto dos portugueses, que se observa desde Novembro de 2003, vem a ser confirmada um ano depois, com 49.3%, de acordo com o Barómetro Marktest/DN/TSF.

Entre Novembro de 2003 e Novembro de 2004, o PS ganhou 10.4 pontos percentuais nas intenções de voto dos residentes no Continente com 18 e mais anos. Este ganho foi sensivelmente igual às perdas verificadas nos outros três maiores partidos: o PSD perde 3.5 pontos, o CDS-PP perde 3.9 pontos e a CDU perde 3.1 pontos. O BE é, para além do PS, o único que ganha entre estes dois momentos, 1.3 pontos percentuais.

O PSD, que se manteve neste período como o segundo maior partido no que respeita à intenção de voto, foi o único partido em Novembro de 2004 a registar uma subida, não indo no entanto além dos 32.4%.

Entre os restantes partidos com assento parlamentar, observou-se uma quebra em termos de percentagem de intenção de voto, sendo de salientar a sucedida no PP, com uma quebra de 1.2 pontos percentuais relativamente a Outubro, não indo além dos 2.1%.

A coligação CDU (PCP/PEV) também evidenciou uma quebra na intenção de voto (menos 1.8 pontos percentuais), mantendo-se como o terceiro maior partido, 6.4%.

O quarto lugar também se manteve sem grandes alterações cabendo essa posição ao Bloco de Esquerda, com 5.8% de intenções de voto, menos 0.9 pontos percentais do que em Outubro.

Consulte a Ficha Metodológica do Barómetro Marktest/DN/TSF e contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais