Lisboetas e portuenses concordam com Sampaio

Grupo Marktest,  14 dezembro 2004

Inquiridos pelo Fonebus da Marktest, a maioria dos lisboetas e portuenses afirma concordar com a decisão de Jorge Sampaio em dissolver a Assembleia da República e convocar eleições antecipadas.

Em sondagem realizada no dia 9 de Dezembro, antes ainda de ser conhecido o pedido de demissão do actual Governo, 61.0% dos entrevistados residentes nas regiões da Grande Lisboa e do Grande Porto, afirmaram concordar com a decisão do Presidente da república em dissolver o Parlamento.

Houve 21.7% que afirmou discordar desta decisão e 17.3% não soube ou não respondeu à questão.

Entre os mais jovens, a percentagem dos que concordam com a decisão de Sampaio é maior - 70.5% dos que têm entre 18 e 34 anos concorda, face aos 34.8% dos que têm mais de 64 anos e que são da mesma opinião.

Da mesma forma, também os residentes no Grande Porto são os que manifestam maior apoio à iniciativa do Presidente, com 63.4% de concordância. Na Grande Lisboa é onde encontramos mais indecisos - 59.6% concorda, 17.4% discorda e 23.0% não sabe ou não responde.

Por classes sociais, são a alta e média alta as que registam maior taxa de discordância, com 28.9%, face aos 16.2% da classe média e aos 20% das classes média baixa e baixa que têm a mesma opinião.

Consulte a Ficha Metodológica desta sondagem e contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais