MediaMonitor TV Tops

MediaMonitor,  31 maio 2005
Na semana de 16 a 22 de Maio o jogo entre o Sporting e o CSKA foi o programa mais visto. A novela da SIC, Senhora do Destino mantém-se como o segundo programa do Top. A emissão do jogo da Superliga entre o Futebol Clube do Porto e a Académica deu à TVI 17.2% audiência. Também da TVI, a novela portuguesa Ninguém como Tu gerou 17.1% de audiência. Os comentários à Superliga baixaram uma posição e o Especial Desporto da RTP1 entrou para o 6º lugar do TOP. O primeiro e único espaço de informação generalista, deste Top surge em 7º lugar de audiência, seguido por 3 programas de entretenimento, Flagrante Delírio, Quinta das Celebridades II e Juras de amor.

No Top Marcas da semana a PT Comunicações sobe para a 1ª posição seguindo-se a Optimus e a TMN. Para o 4º e 5º lugares entram, respectivamente, o Pingo Doce e o Ponto Verde.

A Portugal Telecom assume a liderança da tabela de anunciantes e a Procter & Gamble mantém a 2ª posição que já ocupava na semana anterior. A Optimus Telecomunicações entra para a 3ª posição do top e o Modelo Continente Hipermercados entra para o 4º lugar. A 5ª posição fica ocupada pela descida do 1º lugar das Telecomunicações Móveis Nacionais.

Na tabela de agências a Euro RSCG MRT mantém-se no 1º lugar. A BBDO sobe do 5º lugar do ranking para a 2ª posição. A TBWA entra para a 3ª posição, a McCann Erickson desce para a 4ª e a J.Walter Thompson para a 5ª posição da tabela.

O relatório da Comissão Constâncio, a derrota do Sporting na final da Taça UEFA e a decisão da Superliga com a vitória do Sport Lisboa e Benfica são os destaques da semana.

O Primeiro-Ministro José Sócrates lidera o Top de protagonistas da semana pela sua intervenção na tomada de posse de Portugal na Presidência do Conselho da Europa e na questão do défice e das medidas necessárias para equilibrar as contas públicas.

Na 2ª posição temos o líder do PSD, MArques Mendes tendo-se destacado pela decisão da comissão política do PSD de vetar os nomes de Isaltino Morais e Valentim Loureiro às candidaturas autárquicas do PSD a Oeiras e Gondomar e pela questão das medidas que o governo vai anunciar para controlar o défice.

Na 3ª posição temos o Ministro das Obras Públicas Mário Lino. Os temas em destaque são o interesse da TAP numa participação na Varig, a introdução de portagens nas Scuts e o anúncio do governo sobre as grandes obras do TGV e do novo aeroporto da Ota que são para continuar.

Os outros grandes temas da semana foram:
A ida do Governador do Banco de Portugal, Vitor Constâncio a Belém para informar o Presidente Jorge Sampaio acerca da situação do défice das contas do Estado.
A demarcação do ex-Primeiro Ministro Santana Lopes do caso Portucale que envolve vários Ex-Ministros do seu executivo, afirmando não ter tido conhecimento do despacho.
Pacheco Pereira faz campanha pelo "Não" no Referendo da Constituição Europeia.
Governo avança com a expropriação de parte das instalações da Bombardier na sequência da falta de acordo entre a Bombardier e a CP para a compra das instalações fabris.
Continua a audição de testemunhas no caso Casa Pia. Entretanto, António Sanches, antigo funcionário da Casa Pia, foi condenado a 9 anos de prisão por abuso sexual de menores.
Regulamentado diploma que permite indemnizar agentes das forças de segurança e suas famílias em caso de morte ou invalidez.
No desporto, o Sporting perde na final da Taça UEFA realizada no seu estádio frente ao CSKA de Moscovo.
Benfica vence a Superliga com um empate frente ao Boavista na última jornada da competição, no que foi o campeonato mais disputado dos últimos anos.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais