Sondagens presidenciais
Grupo Marktest, 22 dezembro 2005

placeholderAs últimas sondagens eleitorais disponíveis no Dossier Presidenciais 2006 são unânimes quanto à vantagem de Cavaco Silva nas intenções de voto dos portugueses.

O Dossier Presidenciais 2006 conta com novas sondagens sobre as próximas eleições presidenciais. Esta informação é recolhida através do serviço de Clipping da MediaMonitor, que monitoriza múltiplos meios de comunicação recolhendo informação de temas contratados pelos seus clientes

Até este momento, estas eleições já motivaram a realização de 14 sondagens cujos resultados foram publicados na imprensa. Estas sondagens envolveram já a realização de 12001 entrevistas telefónicas.

A Aximage é, neste momento, a empresa que realizou mais sondagens para publicação, num total de 5. A Marktest divulgou resultados de 4 sondagens presidenciais, a Universidade Católica e a Eurosondagem, duas e o GEMEO/IPAM, uma.

placeholder

Em número de entrevistas, a Eurosondagem foi, até ao momento, a que divulgou sondagens de amostras de maior dimensão, sendo responsável por 30.2% das entrevistas realizadas, com 3626. A Marktest, com 3221 entrevistas, foi responsável por 26.8% do total, cabendo às restantes empresas 42.9%.

placeholder

A Eurosondagem foi assim a empresa que realizou sondagens de maior dimensão média, com 1813 entrevistas por sondagem. A Aximage, pelo contrário, realizou sondagens de dimensão média inferior, de 558 entrevistas por sondagem.

placeholder

Os resultados das últimas quatro sondagens divulgadas colocam Cavaco Silva como líder maioritário das intenções de voto dos portugueses.

Em duas destas sondagens (GEMEO/IPAM e Marktest), Manuel Alegre surge no segundo lugar das escolhas dos inquiridos e nas restantes duas (Aximage e Eurosondagem) é Mário Soares que se coloca agora na segunda posição.

Os restantes candidatos surgem, em todas as sondagens, com diferenças muito baixas entre si e muito inferiores às margens de erro. Em três destas sondagens, é Jerónimo que se encontra em quarto lugar nas intenções de voto, sendo a sondagem da Marktest a que o coloca na quinta posição, com menos meio ponto percentual do que Louçã.

Todos os resultados das sondagens eleitorais já publicados estão disponíveis aqui. Contacte-nos se pretende mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais