Menos visitantes de jornais online
Grupo Marktest, 20 dezembro 2005

placeholderEm Novembro foram 712 mil os utilizadores únicos que, a partir de suas casas, visitaram jornais online, revelam os dados do estudo Netpanel meter da Marktest.

Em Novembro, 712 mil portugueses com 4 e mais anos acederam a sites de jornais, revistas ou de notícias portugueses, quando em suas casas navegaram na internet. Este número representa 58.6% dos internautas desse período.

Neste mês observou-se uma diminuição no número de visitantes destes sites, que receberam menos 9.0% de utilizadores únicos do que em Outubro, mas mais 19.7% do que no mês homólogo de 2004. A média diária de utilizadores únicos de sites portugueses de jornais, revistas ou notícias foi de 140 000, menos 10.3% do que no mês anterior mas mais 20.7% do que em Novembro de 2004.

placeholder

O total de páginas visitadas nestes sites situou-se nos 38,6 milhões, 24.5% abaixo do valor registado em Outubro e 10.7% acima do observado em Novembro do ano passado.

O tempo total de navegação, que ultrapassou as 545 mil horas, baixou 26.0% face a Outubro e aumentou 1.0% relativamente a Novembro do ano anterior. Em média, foram dispensadas 18 182 horas por dia a estes sites e cada utilizador dedicou-lhes, em média, 46 minutos.

placeholder

O Público online continua como o jornal online mais acedido, tendo sido visitado em Novembro por 249 mil utilizadores únicos. O A Bola online mantém igualmente a segunda posição, com 182 mil visitantes. O Expresso online sobe à terceira posição, com 180 mil utilizadores únicos, sendo o Record online o quarto, com 173 mil utilizadores únicos.

Em páginas vistas, a liderança mantém-se dos desportivos, que ocupam as três primeiras posições. A Bola online lidera, com 9,3 milhões de páginas, na segunda posição, mantém-se o Record online, com 4,6 milhões e o O Jogo online regressa à terceira posição, com 3 milhões de páginas visitadas.

placeholder

O Agência Financeira online protagonizou o maior aumento mensal face ao número de utilizadores únicos, que subiu 43.2%, registando em Novembro 53 mil (16ª posição). Pelo contrário, a maior quebra mensal foi observada no Visão online, que desceu 47.3% para os 29 mil utilizadores únicos (19ª posição).

Já em páginas visitadas, a maior subida face a Outubro foi observada no Portugal Diário, que aumentou 64.3% para as 1124 mil páginas (8ª posição). O Diário de Notícias onlien, pelo seu lado registou a maior quebra mensal, de 68.9%, para as 645 mil páginas (12ª posição).

A análise tem como base informação do Netpanel meter da Marktest, um estudo que analisa o comportamento dos internautas portugueses a partir de um painel de utilização doméstica. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais