Público: o mais lido online

Grupo Marktest,  29 março 2005

O Público online foi, em Fevereiro, o mais acedido pelos internautas portugueses que, em suas casas, navegaram na internet em sites de jornais, revistas e de notícias portugueses, segundo os dados do estudo Netpanel meter da Marktest.

Em Fevereiro, foram 640 mil os portugueses com 4 e mais anos os que acederam a sites de jornais, revistas ou de notícias portugueses, o que representa 50.9% dos internautas desse período.

O mês de Fevereiro representou um decréscimo na actividade destes sites (até porque foi um mês com menos 3 dias do que o precedente), que receberam menos 3.3% de utilizadores únicos do que em Janeiro. A média diária de utilizadores únicos de sites portugueses de jornais, revistas ou notícias foi de 130 000, menos 1.5% do que no mês anterior.

O total de páginas visitadas nestes sites foi, em Fevereiro, de 37,6 milhões, menos 16.8% do que em Janeiro.

O tempo total de navegação ficou perto das 589 mil horas, menos 18.4% do que no mês anterior. Em média, foram dispensadas 21 mil horas por dia a estes sites, e cada utilizador despendeu-lhes, em média, 55 minutos.

O Público online foi o mais acedido em Fevereiro, quando recebeu 208 mil utilizadores únicos. O Expresso online foi o segundo com mais visitantes, 170 mil. Na terceira posição, A Bola online, com 169 mil utilizadores únicos, e em quarto lugar, o Record online, com 164 mil utilizadores únicos.

Relativamente a Janeiro, o Portugal Diário (www.portugaldiario.iol.pt) foi o que mais cresceu, com um aumento de 36.9% no seu número de utilizadores. Pelo contrário, o maior decréscimo foi observado no Correio da Manhã online, que baixou 31.7% em Fevereiro.

Já em páginas visitadas, foi o A Bola online o que liderou, com mais de 9,5 milhões. O Record online posicionou-se em segundo lugar, com 6,4 milhões de páginas visitadas e o Expresso online ocupou a terceira posição, com perto de 3,2 milhões.

A análise tem como base informação do Netpanel meter da Marktest, um estudo que analisa o comportamento dos internautas portugueses a partir de um painel de utilização doméstica. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais