Imagem de Jerónimo de Sousa continua em alta

Grupo Marktest,  6 abril 2006

De acordo com os dados do Barómetro Marktest/DN/TSF de Março, Jerónimo de Sousa é o líder partidário com assento parlamentar com índice de imagem mais elevado, indicando que os portugueses classificam positivamente a sua actuação.

Entre os líderes partidários, Jerónimo de Sousa, líder do PCP, obteve em Março um saldo de imagem de 11.3%. Este saldo resulta da diferença entre as opiniões positivas e as negativas, ponderada pelo peso das respostas expressas.

Em segundo lugar ficou José Sócrates, o Primeiro-Ministro e líder do PS, que obteve um saldo de 8.5%, seguido de Francisco Louçã que obteve um saldo de 5.5%.

Com avaliação negativa ficaram os líderes do PSD e PP, respectivamente com -6.4% e -14.5%.

O Presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, recebeu 43.4% de avaliações positivas e 13.4% de avaliações negativas, não tendo emitido opinião 43.2% dos inquiridos neste Barómetro. Jaime Gama obtém assim um saldo de imagem de 17.0%, o valor mais elevado das personalidades em análise.

O Presidente da República, Cavaco Silva, também obteve um saldo de imagem positivo, de 11.8%, embora a maioria dos inquiridos não tenha sabido ou não tenha querido dar a sua opinião sobre a sua actuação. De facto, 35.0% dos inquiridos classificou positivamente a sua actuação, 6.7% classificou-a negativamente e 58.3% não emitiu opinião.

Analisando os resultados segundo a intenção de voto nas eleições Legislativas, observam-se algumas diferenças no saldo de imagem ds líderes dos principais partidos, quando comparado com os resultados gerais.

José Sócrates é o que obtém melhor avaliação por parte dos eleitores com intenção de voto PS (com um saldo de 64.4%). Já entre os eleitores com intenção de voto PSD, é Marques Mendes, aquele que obtém melhor saldo (20%).

Relativamente a Francisco Louçã, o líder do Bloco de Esquerda recolhe uma avaliação de 17.9% entre os eleitores PS. Já entre os que tencionam votar PSD o seu saldo de imagem não vai além de -20.8%.

No que respeita a Jerónimo de Sousa, recebe avaliação positiva independentemente da intenção de voto dos inquiridos (obtendo um saldo de 2.4% entre os eleitores PSD e 25.4% entre os eleitores PS).

Em sentido oposto, Ribeiro e Castro não recolhe avaliação positiva em nenhum dos grupos anteriormente referidos: o seu saldo de imagem é de -28.5 % entre os eleitores cuja intenção de voto é PS e de -7% entre os eleitores cuja intenção de voto é PSD.

O saldo de imagem dos líderes partidários é obtido através Barómetro Marktest/DN/TSF, que é realizado regularmente junto dos residentes no Continente com 18 e mais anos. Consulte a Ficha Metodológica deste Barómetro ou contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais