Oeiras ganha poder de compra; Porto perde

Grupo Marktest,  6 abril 2006

Segundo os resultados do sistema de informação Sales Index da Marktest, o concelho de Oeiras é o que mais poder de compra tem ganho nos últimos anos, contrariamente ao concelho do Porto, que tem assistido a uma maior quebra neste indicador.

Numa análise dos resultados do Sales Index de 1992 a 2006, vemos como o concelho de Oeiras é aquele que tem visto aumentar mais o seu índice de poder de compra regional. A variação média anual deste índice para o período em análise é de 4.5%. Em 2006, este concelho concentra 29.52‰ do poder de compra do Continente, sendo o 4º concelho (em 278) com maior valor neste índice.

Alcochete é o segundo concelho com maior crescimento médio do índice de poder de compra entre 1992 e 2006, situando-se nos 4.3% ao ano. Em 2006, Alcochete ocupa a 126ª posição, concentrando 1.58‰ do índice.

Albufeira é o terceiro concelho com maior variação positiva do índice de poder de compra, tendo visto, no período em análise, o seu índice de poder de compra aumentar em 3.9% ao ano, em termos médios. Albufeira é o 27º concelho do Continente, com um índice de 8.1‰.

O concelho do Porto, em contrapartida, foi aquele que mais diminuiu em poder de compra no período em análise, com quebras médias de 2.5% ao ano. O Porto é, no entanto, o segundo concelho com mais poder de compra em 2006, concentrando 44.01‰ deste indicador.

Almeida foi o segundo concelho com maiores perdas no índice de poder de compra neste período, em média 2.4% por ano. Este concelho concentra, em 2006, 0.68‰ do poder de compra regional, ocupando a 205ª posição.

Vila Velha de Ródão foi o terceiro concelho que mais poder de compra perdeu no período em análise, diminuindo em média 2.1% ao ano. O concelho é o 11º com menor poder de compra em 2006, com 0.33‰.

Os mapas que apresentamos representam a distribuição concelhia do índice de poder de compra regional médio para o período 1992-2006 e a taxa de variação média anual este índice.

O índice de poder de compra regional é um índice criado pela Marktest em 1980 e actulizado anualmente, que permite observar a contribuição de cada concelho no Continente para um total de 1000. É calculado com base em informação indicadora do potencial de rendimento e consumo de cada concelho, nomeadamente a população residente, a capitação de impostos, as vendas de automóveis, os consumos de electricidade, as dependências bancárias e os estabelecimentos comerciais.

Este índice está disponível no Sales Index , o sistema de gestão de informação de base concelhia da Marktest. Para conhecer melhor este sistema, consulte os artigos relacionados ou contacte-nos para mais informações sobre este assunto.



Alguns produtos relacionados com esta notícia

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais