Adeus Lopes da Silva
A série Lopes da SIlva, dos Gato Fedorento, terminou dia 16 na RTP1 e a MediaMonitor fez o balanço das suas audiências.
MediaMonitor, 22 junho 2006

Durante 13 programas, sempre às sextas a seguir ao Telejornal, Ricardo Araújo Pereira, Zé Diogo Quintela, Miguel Góis e Tiago Dores, mais conhecidos pelo quarteto criativo Gato Fedorento, animaram os serões da RTP1 com os sketches que os caracterizam. Depois das séries Meireles, Fonseca e Barbosa (emitidas na SIC Radical), esta foi a vez dos Lopes da Silva.

placeholder

Dos 13 programas exibidos, verifica-se que a emissão de estreia coincidiu com o melhor registo. Assim o programa exibido a 24 de Março, sexta-feira, obteve 12.5% de audiência média e 32.1% de share. As emissões de 2 e 16 de Junho registaram a pior audiência, com 6.7% de audiência média e 20.6% e 18.2% de share, respectivamente.

placeholder

A emissão de 24 de Março registou igualmente o melhor consumo por espectador com 14 minutos, aproximadamente que corresponde a cerca 55% da duração total do programa. A última emissão transmitida a 16 de Junho registou o menor consumo com 10 minutos, aproximadamente, isto é, cada espectador viu em média cerca de 35% da duração do evento.

placeholder

No perfil de audiência, o Gato Fedorento registou melhor adesão no Interior e na Grande Lisboa. Por classe social, o quarteto de humoristas registou melhor consumo de audiência junto das classes mais baixas (C2 e D) com consumo perto dos 30%. Por Género, o programa registou melhor adesão junto da população Feminina. Por faixa etária, observa-se que o Gato Fedorento recolhe a preferência dos indivíduos com mais de 64 anos.

placeholderplaceholder
placeholderplaceholder
placeholderplaceholder
placeholderplaceholder

Análise realizada pela MediaMonitor com base em dados retirados do MMW/Telereport.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais