Cinco milhões compram brinquedos

Segundo os elementos do estudo Consumidor 2005 da Marktest, são quase cinco milhões os portugueses que costumam comprar brinquedos para crianças até aos 12 anos.

Grupo Marktest,  7 dezembro 2006

O Consumidor 2005 contabiliza no Continente 4 951 mil residentes com 15 e mais anos que costumam comprar brinquedos para crianças até aos 12 anos. Este número representa 59.6% do universo estudado, tendo assim uma representação muito expressiva.

Uma análise evolutiva deste indicador, permite constatar que ele se tem mantido relativamente estável ao longo dos últimos anos, oscilando entre os 57.4% observados em 2000 e os 62.7% registados em 2003.

A idade é a variável mais discriminante na análise deste indicador, pois é a que revela mais diferenças de comportamento. Os valores mais elevados são observados junto dos indivíduos entre os 25 e os 44 anos, acima de 75%. Os mais jovens e os mais idosos apresentam, pelo contrário, valores mais distantes da média.

Entre as classes sociais também se observam diferenças, com os valores a oscilar entre os 70.8% observados junto dos indivíduos das classes alta e média alta e os 42.8% junto da classe baixa.

Na análise da ocupação, vemos as maiores taxas junto dos empregados do comércio, serviços e administrativos 78.2% e dos quadros médios e superiores (74.3%).

Entre as regiões, é na Grande Lisboa que se observa maior valor, de 68.0%.

Numa análise sobre o perfil dos indivíduos que compram brinquedos para crianças até aos 12 anos, vemos que 41.7% residem nas regiões da Grande Lisboa ou Interior Norte, 54.1% são mulheres, 44.6% têm entre 25 e 44 anos, 60.1% pertencem às classes sociais média ou média baixa e 52.2% são empregados do comércio, serviços e administrativos, trabalhadores qualificados ou reformados.

Esta análise foi realizada com base nos resultados do estudo Consumidor da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais