Consumo de gasóleo duplica em 10 anos

Os dados do estudo Consumidor, da Marktest, mostram que o número de residentes em lares com automóveis movidos a gasóleo duplicou na última década.

Grupo Marktest,  24 abril 2007

Uma análise dos dados do estudo Consumidor permite concluir que o consumo de gasóleo não abrange a maioria dos residentes nos lares do Continente, mas a análise temporal mostra que ele duplicou na última década.

Em 1996 o Consumidor indicava que 21.1% dos indivíduos do Continente com 15 e mais anos residiam em lares que abasteciam gasóleo nos seus automóveis, um número que passa para 43.1% em 2006. Neste ano, são 3 583 mil os indivíduos que residem em lares que abastecem os seus automóveis com este combustível.

O consumo deste produto é relativamente heterogéneo entre a população, sobretudo porque os idosos, os reformados e pensionistas e os indivíduos da classe social baixa apresentam valores bastante abaixo da média.

A classe social e a ocupação são as variáveis mais discriminantes, pois é pela sua análise que maiores diferenças são perceptíveis.

As taxas mais elevadas na penetração deste produto são encontradas junto dos técnicos especializados e pequenos proprietários (65.6% usa gasóleo), dos quadros médios e superiores (62.2%) e dos indivíduos das classes sociais alta e média alta (57.6%).

Esta análise foi realizada com base nos resultados do estudo Consumidor da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais