Quadros médios e superiores e jovens ouvem mais rádio
Os resultados de 2007 do estudo Bareme Rádio da Marktest confirmam que os jovens e os quadros médios e superiores são os maiores consumidores de rádio, com audiências 30% acima da média.
Grupo Marktest, 10 abril 2008

placeholderO Bareme Rádio indica que, em 2007, 4 536 mil indivíduos ouviram rádio (referência: véspera), o que representa 54.6% do universo composto pelos residentes no Continente com 15 e mais anos.

Uma análise por targets mostra como os homens ouvem mais rádio do que as mulheres (respectivamente, 62.7% e 47.2% de audiência acumulada de véspera) e os jovens mais do que os idosos (com o grupo dos 25 aos 34 anos a liderar as audiências, com 70.9% de audiência acumulada de véspera).

Os quadros médios e superiores são, por ocupações, os maiores consumidores do meio, com 71.9% de audiência acumulada de véspera, logo seguidos dos empregados dos serviços, comércio e administrativos, com 69.5%, e dos trabalhadores especializados e pequenos proprietários, com 66.9%.

Nas classes sociais, são os indivíduos da classe média alta que se destacam, com 67.4% de audiência acumulada de véspera.

Os maiores índices de afinidade com o meio são assim protagonizados pelos quadros médios e superiores e pelos jovens dos 25 aos 34 anos, que registam índices de audiência mais de 30% acima da média.

placeholder

Durante o ano de 2007, os momentos de maior audiência de rádio (numa análise para períodos de 15 minutos) aconteceram entre as 9 e as 9h15m, com 15.3% e entre as 8 e as 8h15m, com 15.2%.

Quando analisada a curva de audiência dos quadros médios e superiores, vemos que ela apresenta uma configuração muito diferente da média do universo, onde sobressai claramente o período compreendido entre as 8h e as 9h, com um acentuado afastamento dessa média. Para este target, os momentos de maior audiência ocorreram entre as 8h30m e as 8h45m, com 24.4% de audiência acumulada de véspera, e entre as 8h e as 8h15m, com 24.3%.

placeholder

Os jovens dos 25 aos 34 anos também apresentam maior afinidade com o meio e a sua curva de audiência mostra audiências quase sempre superiores à média durante todo o dia, tendo os seus momentos de maior consumo ocorrido entre as 8h45m e as 9h, com 21.7% de audiência acumulada de véspera e entre as 9 e as 9h15m, com 21.6% de audiência acumulada de véspera - valores quase uma vez e meia superiores à média do universo.

placeholder

A análise tem como base os resultados anuais de 2007 do estudo Bareme Rádio da Marktest, que analisa o comportamento dos residentes no Continente, com 15 e mais anos, relativamente ao meio rádio. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais