Sabe quantos portugueses tomam medicamentos para as dores de cabeça?
O novo estudo da Marktest, Target Group Index (TGI), responde.
Grupo Marktest, 9 outubro 2008

placeholder De acordo com os dados Target Group Index (TGI) Portugal, Setembro 2008, 69% dos portugueses entre os 15 e os 64 anos residentes em Portugal Continental afirmam ter tomado analgésicos e/ou medicamentos para as dores de cabeça.

O género parece diferenciador na toma de analgésicos e/ou medicamentos para as dores de cabeça, uma vez que são sobretudo as mulheres (81%) que mais afirmam ter tomado estes medicamentos. Junto dos homens, apenas 57% afirma ter tomado estes medicamentos nos últimos 12 meses.

Focando a análise na variável idade, é sobretudo entre os 25 e os 54 anos que a toma destes medicamentos é mais expressiva (25/34 anos - 71%; 35/44 anos - 77%; 45/54 anos - 70%). As faixa etária situadas nos extremos (15/24 e 55/64 anos) são as que menos recorrem a estes tipos de medicamentos.

placeholder

Ao nível das regiões Marktest, verifica-se que são os residentes no Interior Norte que menos afirmam ter tomado analgésicos e/ou medicamentos para as dores de cabeça (65%). Junto dos residentes nas restantes regiões Marktest os valores variam entre os 69% e os 71%.

placeholder

O TGI é um estudo de referência mundial, realizado pela primeira vez na Grã Bretanha há quase 40 anos (desde 1969), e hoje presente em cerca de 60 países do Mundo. Em Portugal, o TGI foi implementado pela Marktest, apresentando informação para 3000 marcas, agrupadas em 240 categorias de produtos representativos de 17 sectores de actividade, que permitem conhecer em detalhe o consumidor português.

Contacte-nos se deseja obter mais informações sobre este estudo.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais