Compras de Natal serão na primeira quinzena de Dezembro

Segundo uma sondagem realizada em exclusivo pelo Fonebus da Marktest para a Marktest.com Notícias, a maioria dos residentes na Grande Lisboa e no Grande Porto pensa realizar as suas compras de Natal durante as duas primeiras semanas de Dezembro.

Grupo Marktest,  6 novembro 2008

Inquiridos pelo Fonebus da Marktest no dia 30 de Outubro de 2008, 20.6% dos residentes na Grande Lisboa e no Grande Porto com 18 ou mais anos afirmaram não tencionar realizar compras de Natal.

Entre os que não excluem esta possibilidade, 37.2% ainda não sabe que tipo de prendas irá comprar para oferecer no próximo Natal. 39.8% optará por oferecer roupa, 24.0% brinquedos, 15.8% livros, 11.7% perfumes e 7.7% música. Há ainda um número significativo de inquiridos que refere uma multiplicidade de tipos de prendas, sendo as mais citadas os objectos de decoração, os doces, as bebidas, os filmes e os jogos electrónicos.

Para a maioria dos inquiridos que tenciona fazer compras de Natal, o orçamento destinado a estas compras deverá situar-se entre os 50 e os 250 euros. Na resposta a esta questão, 9.2% referiu tencionar gastar um máximo de 50 euros nas compras de prendas de Natal, 31.1% pensa gastar entre 50 e 150 euros, 16.8% entre 150 e 250 euros e 11.2% entre 250 e 500 euros. Para 5.0% o valor total deverá exceder os 500 euros, havendo ainda 26.5% de indivíduos que não sabem ou não respondem a esta questão.

Os comerciantes deverão esperar as maiores enchentes nas suas lojas até meados de Dezembro. De facto, 43.9% dos inquiridos nesta sondagem que afirmou tencionar fazer compras de presentes para o Natal disse pensar fazê-lo nas primeiras duas semanas de Dezembro. Mais prevenidos, 3.1% dos inquiridos disse já ter dado início a estas aquisições, enquanto 20.4% disse tencionar fazê-lo durante este mês de Novembro. Haverá ainda 26.0% de retardatários que deixarão estas compras para a semana antes do Natal, enquanto 6.6% de indivíduos não soube responder à questão.

Questionados quanto ao tipo de loja onde pensam realizar a maior parte destas compras, a maioria dos que vai realizar compras, 45.9%, afirmou ser o centro comercial o local escolhido. Para 13.3% a maior parte das compras será feita no hipermercado, 15.3% fá-las-ão nas lojas de comércio tradicional (rua) e 4.1% nas lojas de chineses/dos 300. 7.2% referiu outros tipos de lojas e 14.3% não soube responder à questão.

Este estudo foi realizado na Grande Lisboa e no Grande Porto através do Fonebus da Marktest, no dia 30 de Outubro de 2008, de acordo com a seguinte a Ficha Técnica. Contacte-nos se pretende mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais

  • Latin America 2020

    22 a 24 de abril de 2020

    ESOMAR

    Lima, Perú

    events@esomar.org

  • ONSeries Lisboa

    Nesta mostra de conteúdos televisivos de ficção nacional, estarão presentes potenciais compradores de todo o mundo.

    28 e 29 de abril de 2020

    Inside Content

    Centro Cultural de Belém, Lisboa