Warc prevê que mercado publicitário cresça 2.3% em 2015
Warc prevê que mercado publicitário cresça 2.3% em 2015
placeholder
O World Advertising Research Center (Warc) apresentou recentemente as suas previsões para o investimento publicitário dos 12 principais mercados regionais, apontando para um crescimento de 2.3% este ano e de 4.5% em 2016.
Grupo Marktest
25 agosto 2015

placeholder As previsões do Warc, recentemente reveladas, indicam um crescimento de 2.3% para o mercado publicitário dos 12 maiores mercados mundiais, um valor 2.5 pontos percentuais abaixo das suas últimas previsões, realizadas em Dezembro.

Em termos reais (considerando a inflação), o mercado deverá crescer 1.2% este ano.

Mais otimistas são as previsões para 2016, de 4.5% a preços correntes e de 2.4% tendo em conta a inflação.

O Warc revela ainda que o mercado publicitário cresceu 5.1% a preços correntes em 2014, o maior impulso desde 2011. A ausência de grandes eventos como o Campeonato do Mundo da FIFA e os Jogos Olímpicos de Inverno, assim como o fraco crescimento em algumas zonas na Ásia e um enfraquecimento no mercado de TV americano, explicam o outlook menos positivo para este ano.

A Índia e a China são os mercados onde se estima que a publicidade mais aumente, respetivamente 16.1% e 9.0%, embora registem elevados níveis de inflação. No Reino Unido espera-se uma melhoria de 6.6%. Em sentido oposto, antecipa-se uma quebra de 13.1% do mercado publicitário na Rússia e de 0.2% em França, os únicos dois mercados em que a instituição prevê quebras em 2015.

A instituição revela também que a Internet continua a ser o meio de crescimento mais forte para este mercado, estimando-se um acréscimo de 16.1% em 2015 e de 12.9% em 2016. Pelo contrário, a publicidade televisiva poderá cair 1.9% em 2015 voltando no entanto a ganhar 2.5% em 2016.

Os Jogos Olímpicos do Rio, assim como a eleição presidencial nos EUA, são alguns dos grandes eventos que ocorrerão em 2016 e que explicam as projeções mais favoráveis para esse ano. A Índia (mais 12.4%), o Brasil (mais 7.7%), a China (mais 7.1%) e o Reino Unido (mais 6.0%) serão os mercados com maior aumento de publicidade em 2016, ao passo que a Rússia é o único país onde se espera nova quebra das receitas em 2016 (-1.1%).

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais