PIB da zona euro e da UE15 cresce 0.4%

De entre os Estados Membros para os quais existem dados disponíveis para o terceiro trimestre de 2003, a Grécia registou a maior taxa de crescimento (5.0%). Portugal (-0.5%) e Dinamarca (-0.2%) foram os países que registaram crescimentos negativos.

Ao longo do terceiro trimestre de 2003, o Produto Interno Bruto (PIB) da zona euro e o da UE 15 aumentaram em 0.4% relativamente ao trimestre precedente, segundo as estimativas publicadas no dia 15 de Janeiro pelo Eurostat , o Gabinete de Estatística das Comunidades Europeias. O PIB tinha diminuído 0.1% na zona euro mantendo-se estável na UE 15 ao longo do segundo trimestre de 2003.

Em comparação com o terceiro trimestre de 2002, o PIB da zona euro aumentou 0.3% e o da UE 15 0.6%, após as subidas de respectivamente 0.1% e 0.4% ao longo do trimestre precedente.

Entre os Estados Membros para os quais existem dados disponíveis para o 3º trimestre, a Grécia foi o que registou a mais forte taxa de crescimento (+1.8%), seguida da Finlândia e do Reino Unido (+0.8% cada) e da Espanha (+0.7%). Dois Estados Membros registaram diminuições: Portugal (-0.5%) e a Dinamarca (-0.2%), comparando com o trimestre anterior.

Relativamente ao mesmo trimestre do ano precedente, a Grécia registou o crescimento mais elevado (+5.0%), seguida da Espanha (+2.4%) e do Reino Unido (+2.1%). As diminuições deram-se nos Países Baixos (-1.2%), em Portugal (-0.9%), na Dinamarca (-0.5%), em França (-0.3%) e na Alemanha (-0.2%).

Esta notícia corresponde a uma adaptação de um artigo publicado pelo Eurostat no dia 15 de Janeiro de 2004.

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais