Privadas melhoraram qualidade da Tv
Grupo Marktest,  6 outubro 2004

placeholderSegundo os resultados de uma sondagem realizada pelo Fonebus da Marktest, a maioria dos residentes no Continente com 18 e mais anos considera que as televisões privadas vieram aumentar a qualidade global da televisão em Portugal.

De acordo com esta sondagem, realizada a propósito da comemoração dos 12 anos de início da televisão privada em Portugal, 69.0% dos inquiridos dizem que as privadas vieram aumentar a qualidade global da televisão portuguesa, 10.1% referem que a qualidade se manteve e 13.8% consideram que ela diminuiu. Houve ainda 7.1% de inquiridos que não soube ou não respondeu a esta questão.

No que diz respeito aos programas que os entrevistados nesta sondagem consideram que são hoje melhores do que há 12 anos atrás, o destaque vai claramente para a informação, apontada por 73.4% deles. O desporto foi referido por 50.1% dos entrevistados e o entretenimento por 40.4%.

As novelas e os filmes/séries foram os mais citados quando se tratou de avaliar que tipos de programas são hoje piores do que há 12 anos atrás. As novelas foram referidas por 21.6% dos entrevistados e os filmes/séries por 18.3%. A esta questão, houve no entanto 32.3% de inquiridos que afirmou que nenhum dos tipos de programas auscultados é hoje pior do que há 12 anos atrás, um indicador de satisfação quanto à programação dos vários canais. Houve ainda 17.6% de não respostas.

Estes resultados constam de um relatório disponível para aquisição, onde, nomeadamente, toda a informação está disponível com o cruzamento das seguintes variáveis: sexo, idade, região e classe social (ou outras, a analisar com os interessados). Consulte-nos se pretende obter mais informações sobre este assunto. Consulte também a Ficha Metodológica desta sondagem.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais