Expectativa desce em Abril

Grupo Marktest,  5 maio 2005

Através da análise dos resultados do Barómetro Político Marktest/DN/TSF, verifica-se que o Índice de Expectativa, após a subida que se vinha a verificar desde Novembro de 2004, voltou a descer em Abril deste ano, mantendo apesar disso valores acima de 50, numa situação de Optimismo Moderado (53.2).

A população feminina continua a ser mais pessimista, comparativamente à masculina. No que respeita aos resultados obtidos pela estrutura etária, verifica-se que a população entre os 18 e os 34 anos é claramente a mais optimista, com um índice de 57.9. Por outro lado, a população mais idosa (a partir dos 55 anos) é a mais pessimista (com um índice de 49) - para além disso, foi nesta faixa etária que se verificou uma maior quebra no índice de expectativa (tendo descido 5.9 pontos entre Março e Abril de 2005). Relativamente à população entre os 35 e os 54 anos, o índice de expectativa foi de 52.7 mantendo-se o Pessimismo Moderado.

Nas diferentes Regiões Marktest também se observou uma quebra do índice, excepto no Litoral Centro (que, com uma subida de 5.6 pontos, chegou a Abril com um índice de 58). Nas restantes regiões observaram-se quebras no índice, sendo a mais acentuada no Litoral Norte (menos 13.9). Seguiu-se o Interior Norte com menos 7.4 pontos e o Sul com menos 4.7. Esta última região foi também a que alcançou o índice de expectativa mais baixo.

Em termos de expectativas segundo a intenção de voto, verifica-se que a população cuja intenção de voto é PS continua, desde fevereiro, a ser mais optimista, mantendo-se claramente acima do valor 50 (67), enquanto que entre os eleitores cuja intenção de voto é PSD, este índice não vai além dos 48.9.

O Índice de Expectativa resulta do Barómetro Político Marktest/DN/TSF que é realizado regularmente junto dos residentes no Continente com 18 e mais anos, com a seguinte Ficha Metodológica. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais