Seguro automóvel cresce

Segundo os dados do estudo Basef Seguros da Marktest, a posse de seguro automóvel tem aumentado nos últimos anos. Em 2006 contam-se mais de 5,7 milhões de possuidores deste seguro.

Grupo Marktest,  17 agosto 2006

Na primeira vaga de 2006, o Basef Seguros contabiliza 5 719 mil possuidores de seguro automóvel, um valor que corresponde a 68.8% do universo composto pelos residentes no Continente com 15 e mais anos.

Entre a primeira vaga de 2000 e a primeira vaga de 2006 a posse deste seguro aumentou 25.5%, passando de 54.8% para 68.8%.

Ao observar a posse deste seguro pela população, vemos que a ocupação é a variável que maior influência tem, pois é entre as várias ocupações que se registam maiores diferenças. O sexo e a idade também influenciam bastante esta variável, seguidas da classe social. Ao contrário, as taxas de posse deste seguro por regiões não registam diferenças significativas.

Os quadros médios e superiores são os que mais possuem seguro automóvel, com 95.5% deles a afirmar ter este tipo de seguro. Os técnicos especializados e pequenos proprietários, os empregados dos serviços, comércio e administrativos e os trabalhadores qualificados também registam valores superiores à média.

Entre os homens, 83.4% diz ter este seguro, ao contrário das mulheres, com uma taxa de 55.4%. Por idades, é entre os 25 e os 34 anos que se regista o maior valor, de 87.4%, contrariamente aos jovens e aos idosos, que apresentam taxas mais baixas. Entre as classes sociais, é na alta e na média alta que se observa maior posse de seguro automóvel, com 86.7%.

Esta análise foi realizada com base nos resultados da primeira vaga de 2006 do estudo Basef Seguros da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais