Metade do crédito bancário concedido em Lisboa e Funchal

Segundos os dados do INE, disponíveis no sistema de informação Sales Index da Marktest, os concelhos de Lisboa e Funchal, sozinhos, concentram mais de metade do crédito concedido pelos bancos.

Grupo Marktest,  16 agosto 2006

Em 2003, o INE contabiliza 230,5 mil milhões de euros de crédito bancário concedido em Portugal, um número que equivale a cerca de 22 mil euros per capita.

A repartição regional deste indicador mostra que mais de metade deste valor, 53.9%, se localiza em apenas dois dos 308 concelhos do país: Lisboa e Funchal. A capital, com 98 mil milhões de euros, representa 42.6% do total de crédito concedido pelos bancos. Funchal, com 26 mil milhões de euros, representa 11.3% do montante global.

O Porto é o terceiro concelho, com 13,7 mil milhões de euros, 5.9% do total. Da lista dos dez concelhos com maior volume de crédito bancário encontramos ainda Sintra, Amadora, Oeiras, Almada, Braga, Vila Nova de Gaia e Cascais.

Considerando o valor de crédito concedido pela população residente no concelho, vemos como o Funchal lidera este ranking, com um montante de 257 mil euros per capita. Lisboa é o segundo concelho, com 182 mil euros per capita.

Porto, São João da Madeira e Faro colocam-se nas posições seguintes, respectivamente com 56, 33 e 26 mil euros per capita. Ponta Delgada observa um valor igual à média nacional, 22 mil euros per capita e os restantes 302 concelhos situam-se abaixo desse patamar, não excedendo os 20 mil euros per capita.

O Sales Index é um sistema de gestão de informação de base concelhia da Marktest. Para conhecer melhor este sistema, consulte os artigos relacionados ou contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Alguns produtos relacionados com esta notícia

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais