Publicidade na Tv em Fevereiro

A MediaMonitor contabiliza em Fevereiro 314 horas de publicidade comercial nos quatro canais nacionais de televisão.

Grupo Marktest,  10 março 2009

Em Fevereiro de 2009, foram 48 549 as peças publicitárias passadas nos ecrãs da RTP1, RTP2, SIC e TVI, considerando todos os tipos de publicidade à excepção das auto-promoções dos canais. Este montante equivale a uma média diária de 433 inserções de publicidade por canal. Face ao período homólogo do ano anterior, observou-se uma quebra de 20.6% no número de inserções publicitárias comerciais.

Nos últimos 12 meses, foi em Julho de 2008 que mais peças publicitárias foram contabilizadas nos ecrãs destes canais, com 68 031. Pelo contrário, o mês de Janeiro de 2009 foi o que registou menor número de inserções publicitárias, com 47 652.

No total, os quatro canais emitiram mais de 314 horas de publicidade (excluindo auto-promoções) em Fevereiro de 2009, o que representa uma média diária de 2 horas e 49 minutos por canal. Este número evidencia uma quebra de 26.8% face ao mês homólogo de 2008.

Nos últimos 12 meses, foi também em Fevereiro de 2008 que se contabilizou o maior número de horas de publicidade nos ecrãs destes canais, com 430 horas, ao contrário do mês de Janeiro de 2009, com 308 horas.

De Janeiro a Fevereiro de 2009, a duração média dos spots publicitários foi de 23 segundos, menos quatro segundos do que o observado no período homólogo.

Esta duração média variou entre os 12 segundos na RTP2 e os 27 segundos na SIC.

Relativamente ao período homólogo do ano anterior, a duração média dos spots publicitários desceu na RTP1 e na RTP2 e aumentou um segundo tanto na SIC como na TVI. Na RTP1 este decréscimo foi muito significativo, com menos 19 segundos do que no mesmo período de 2008.

Esta análise foi realizada com recurso ao software MMW/Videotrack da MediaMonitor, para o período compreendido entre 1 a 18 de Fevereiro de 2009. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais