PPM nos EUA: Consumo de TV superior em 46%

Nos Estados Unidos, a questão do consumo de televisão está na ordem do dia, depois de conhecidos os primeiros resultados do novo sistema de medição da Arbitron, o PPM. O novo sistema reporta um consumo de TV 46% superior quando comparado com o actual sistema da Nielsen.

A divulgação dos primeiros resultados do PPM da Arbitron já começou a levantar alguma celeuma nos Estados Unidos. As comparações já começaram a ser feitas e as diferenças face ao actual sistema são notórias.

Na verdade, os dois sistema não são comparáveis e aquilo que medem não é exactamente a mesma coisa. No caso da Nielsen, o sistema mede o tempo de presença na sala, que é assinalado voluntariamente pelos membros do painel através de um comando. No caso da Arbitron, o sistema mede a presença de um sinal emitido por uma estação de TV ou rádio nas proximidade do portador do PPM. É, pois, o conceito de audiência que está em causa.

Existem neste momento grandes expectativas para o PPM, que vai ser instalado comercialmente já em 2003 no Canadá. Nos Estados Unidos os testes alargam-se e os resultados das regiões teste já são distribuídos ao mercado de forma regular.

Nós, no Grupo Marktest estamos atentos a esta tecnologia. Em Novembro próximo, convidado pela Markdata, estará em Portugal o Sr. Pierre Bouvard, presidente da Arbitron para o desenvolvimento internacional, que proferirá uma conferência sobre o sistema da Arbitron.



Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais