Estudo de audiência de TV em Inglaterra debaixo de fogo

Nick Phillips, o presidente do BARB – organismo que contrata o serviço de medição de audiências de televisão no Reino Unido - foi recentemente substituído nesse cargo por Nigel Walmsley, que anteriormente ocupava o cargo de “deputy chief executive” na Carlton Communications.

Esta substituição ocorre na sequência das graves perturbações que afectaram a produção de dados de audiência no Reino Unido desde o início de 2002, altura em que o sistema de medição de audiência TV deixou de ser feito pela TNS e passou a ser realizado pela ATR, empresa do Grupo AGB Itália. Em Janeiro de 2002 o mercado esteve duas semanas sem receber dados e ainda hoje, passados nove meses, não existe um fornecimento regular dos ficheiros de programas.

O Painel, que deveria ter 5100 lares instalados, está ainda por completar em 20%. As críticas têm sido muito violentas, com alguns canais a queixar-se de problemas de medição sobretudo a nível regional.

Recorde-se que a Markdata, em associação com a empresa inglesa KMR-SPC, está activa em Inglaterra onde se prepara para lançar a nova estação de trabalho MMW. O e-telereport.com já é usado em Inglaterra com a designação e-arlybird.net.



Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais