Os portugueses e a poupança
Grupo Marktest, 6 julho 2004

De acordo com os dados do Basef Banca da Marktest, os portugueses estão, este ano, a poupar menos do que no ano transacto.

Segundo os resultados da primeira vaga de 2004 do Basef Banca, o número de portugueses com conta bancária que no último ano destinaram alguma percentagem do seu rendimento à poupança é de 26.5%. No mesmo período do ano passado esse valor situava-se nos 32.5%, o que representa um decréscimo de 18.5% neste indicador.

Apesar de baixar o número dos que afirmam poupar, aumenta de 2003 para 2004 o número dos que referem destinar percentagens mais significativas do seu rendimento à poupança. Ou seja, quem poupa, poupa mais do que antes.

placeholder

Ainda segundo o Basef Banca, a maioria dos indivíduos que refere destinar parte do seu rendimento à poupança afirma que tem poupado menos: na primeira vaga de 2003 eram 54.6% os que faziam essa referência, face aos 58.5% que afirmam o mesmo na primeira vaga de 2004.

placeholder

Os indivíduos de 15 e mais anos com conta bancária que afirmaram na primeira vaga de 2004 destinar uma percentagem do seu rendimento à poupança são sobretudo homens (32.1% deles afirma destinar algo à poupança), indivíduos entre os 25 e os 34 anos (37.4% poupa), indivíduos das classes alta e média alta (40.7%) e quadros médios e superiores (49.3%).

O Basef Banca é um estudo regular da Marktest. Consulte-nos para mais informações sobre este assunto.

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais