Publicidade perto dos 2 mil milhões

Grupo Marktest,  30 setembro 2004

O investimento publicitário realizado em televisão, imprensa, rádio, outdoor e cinema está perto dos 2 mil milhões de euros, a preços de tabela, para o período compreendido entre Janeiro e Agosto de 2004. São dados da MediaMonitor, recentemente divulgados.

Nos oito primeiros meses do ano, o investimento em publicidade cifrou-se nos 1,9 mil milhões de euros a preços de tabela, o que equivale a um crescimento de 14.4% quando comparado com igual período do ano anterior.

Face ao período homólogo de 2003, nota-se crescimento em todos os meios, particularmente no cinema (26%), embora ainda seja o o que tem menor quota (0.4%). Na imprensa os investimentos publicitários, a preços de tabela, cresceram16.5%, na televisão 14.4%, na rádio 14.2% e no outdoor 7.4%.

De Janeiro a Agosto de 2004 a televisão foi o meio com maior volume de investimento, cabendo-lhe 63.6% do total. A imprensa recolheu 22.4% deste montante e aos outros meios foi dirigido 14.0% do total. Esta repartição é relativamente semelhante a igual período do ano anterior. Em rádio, imprensa e cinema houve aumento de quota, em oposição ao que se passou em outdoor. A televisão manteve o mesmo share de investimento.

Em 2004, o maior anunciante foi a Vodafone, com 52,5 milhões de euros em investimentos publicitários nos cinco meios. TMN e Danone ocuparam as posições seguintes com presença também nos cinco meios. Ambas investiram perto de 43 milhões de euros. Os outros oito grandes anunciantes deste período foram Reckitt, L'Oreal, Modelo Continente, Procter & Gamble, Nestlé, Portugal Telecom e Leverelida. No conjunto, estes dez anunciantes foram responsáveis por 20.1% da publicidade do período.

A análise foi realizada com base no serviço de Controlo de Investimentos Publicitários da MediaMonitor e os valores apresentados referem-se a preços de tabela. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais