Publicidade acima dos 2 mil milhões

Grupo Marktest,  4 novembro 2004

Segundo os dados da MediaMonitor, o investimento publicitário nos primeros nove meses do ano superou os dois mil milhões de euros, a preços de tabela.

De Janeiro a Setembro de 2004 foram investidos 2 176 milhões de euros (preços de tabela) em publicidade na televisão, rádio, imprensa, outdoor e cinema. Este número representa um crescimento de 14.5% relativamente ao mesmo período do ano anterior.

A evolução mensal do investimento em publicidade mostra uma curva relativamente semelhante à situação verificada no ano anterior. Observa-se um crescimento constante entre Janeiro e Maio, mês que regista o valor mais elevado do período em análise, com 292 milhões de euros (mais 17.7% do que em 2003). Nos meses de Junho e Julho o valor baixa, embora em 2004 se registe uma quebra menos significativa do que no ano anterior. Em Agosto, esta quebra é mais acentudada e é mesmo maior do que em 2003 - mesmo assim, o investimento de Agosto de 2004 superou em 20.9% o valor registado em 2003. Em Setembro, o valor volta a subir, cifrando-se nos 244 milhões de euros em 2004, mais 13.3% do que no ano transacto.

Comparativamente a 2003, o investimento realizado em 2004 foi superior em todos os meses e em todos os meios, excepto nas seguintes situações: em Janeiro investiu-se menos 11.7% em rádio do que no mesmo mês do ano anterior; em Abril o investimento em cinema ficou 9.9% abaixo do valor de 2003; em Agosto, registou-se uma quebra de 2.6% em Outdoor e de 38.8% em cinema face ao ano anterior; finalmente, em Setembro, a publicidade na rádio ficou 3% abaixo do valor de 2003.

De Janeiro a Setembro de 2004, foi a televisão o meio que mais publicidade captou, num total de 63.7% (1 386 mil milhões de euros). À imprensa foi dirigido 22.3% do investimento (485 milhões de euros), o outdoor captou 7.3% (160 milhões de euros), a rádio 6.3% (137 milhões de euros) e o cinema 0.4% (8 milhões de euros).

Em comparação com o ano anterior estas proporções não sofrem grandes alterações: a televisão ganha um ponto percentual, o mesmo que a rádio perde, e a imprensa ganha três pontos percentuais, o mesmo que perde o outdoor.

Esta análise foi realizada com base em informação da MediaMonitor, do seu serviço de monitorização de investimentos publicitários multi-meios. Os valores apresentados referem-se a preços de tabela. Consulte a seguinte Nota Técnica e contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais