Prioridade Máxima da Governação

Grupo Marktest,  23 novembro 2004

Quando questionados acerca de qual deveria ser a prioridade máxima de governação, mais de metade da população de Portugal Continental inquirida pelo Barómetro Político Marktest/DN/TSF considerou questões relacionadas com o desemprego e a saúde.

Efectivamente, para 28.6% dos entrevistados no mês de Outubro a prioridade máxima governativa deveria ser o combate ao desemprego, enquanto que 26.7% considerou como prioritário acabar com as listas de espera na saúde.

A melhoria da qualidade da educação também é motivo de preocupação para os portugueses, sendo que para 12.4% esta deveria ser a principal prioridade.

Para além destes, a população inquirida também refere outras questões tais como o equilíbrio das contas públicas e a luta contra a violência e a criminalidade, respectivamente com 10% e 9.2%.

Para 5.5% dos inquiridos, a manutenção da paz social é também uma das questões a ter em conta. 2% não considera nenhuma prioridade e 5.5% não sabe ou não responde.

Consulte a Ficha Metodológica do Barómetro Político Marktest/DN/TSF ou contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais