A Missa do Galo
MediaMonitor,  30 dezembro 2004

placeholderA Missa do Galo, também conhecida por Missa da Meia-Noite, celebra-se devido ao facto de a tradição dizer que Jesus nasceu à meia-noite. Nos países latinos, esta missa é chamada Missa do Galo, porque, segundo a lenda, a única vez que um galo cantou à meia-noite foi na noite em que Jesus nasceu.

Para os católicos Romanos, este costume de assistir a esta Missa começou no ano 400. Em algumas aldeias portuguesas e espanholas, era costume levar o galo para a igreja, para que ele cantasse durante a missa. Quando este cantava todos ficavam felizes, pois isso representava o prenúncio de boas colheitas. Se o galo não cantasse era considerado um mau sinal.

À semelhança dos outros anos também neste Natal a Missa do Galo foi transmitida pelos canais, nomeadamente na TVI, RTP1 e 2:.

A TVI registou a melhor audiência média e share com 4.1% e 20.1%, respectivamente. A Missa do Galo neste canal foi transmitida entre as 23:58 e 1:32 da madrugada, o melhor minuto foi alcançado no início da transmissão quando se encontravam 689.300 espectadores a seguir a cerimónia religiosa.

Na RTP1, a audiência média da Missa do Galo foi de 1.4% e o share obtido foi 10.2%, a transmissão iniciou-se à 1:04 e terminou às 2:45 da madrugada.

Na 2: a audiência média obtida foi 1% e share quedou-se pelos 5% aproximadamente, neste canal a cerimónia iniciou-se à meia-noite e terminou 66 minutos mais tarde.

placeholder

A audiência total de espectadores foi mais elevada na TVI, onde mais de 2 milhões de espectadores (2.055.400) viram o evento religioso. A RTP1 obteve uma audiência total de 1.171.500 espectadores e a 2: 1.067.100 espectadores.

placeholder

Análise realizada pela MediaMonitor, com base em dados extraídos da MMW.

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Clipping

  • Bendito jogo

    3 dezembro 2022

    TV 7 DIAS, PRINCIPAL

    pag. 82

    Pedro Vilela

ver mais
Em Agenda ver mais