Gelados em mais de um milhão de lares
Grupo Marktest,  7 junho 2005

placeholder No Continente, são mais de um milhão os lares onde se consomem gelados, segundo os resultados do estudo Consumidor 2004 da Marktest.

O número de lares onde se consomem gelados atinge os 1 135 mil, um número que representa 32.4% do universo. Este número sobe, no entanto, para os 34.4% na Grande Lisboa e para os 37.3% no Grande Porto. Já no Interior Norte não ultrapassa os 26.9%. É nos lares onde a dona de casa (responsável pelas compras para o lar) é mais jovem que a penetração deste produto é maior: ele é consumido em 43.8% dos lares cuja dona de casa tem menos de 25 anos e em 44.0% dos que têm dona de casa com idades entre os 25 e os 34 anos.

Nos lares das classes alta e média alta o consumo deste produto também é maior: 41.9% consomem-no nestas classes, face aos 18.9% das classes média baixa e baixa. Onde o chefe de família (indivíduos que contribui com maior rendimento para o lar) exerce ocupação de quadro médio e superior também os gelados tem maior penetração: 45.3% destes lares consome estes produtos.

Numa análise do perfil sócio-demográfico dos lares que consomem este produto, vemos que 33.8% reside nas regiõos da Grande Lisboa e Grande Porto, 46.7% deles têm dona de casa com menos de 45 anos, 51.5% pertencem às classes sociais média, média alta ou alta e em 45.9% os chefes de família exercem ocupações de quadros médios e superiores ou trabalhadores qualificados.

placeholder

Esta análise foi realizada com base nos resultados do estudo Consumidor 2004 da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Alguns produtos relacionados com esta notícia

placeholder

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais
  • QSP Summit

    O QSP SUMMIT afirma-se como a mais relevante Conferência de Management e Marketing da Europa.

    28 a 30 de junho de 2022

    QSP - Consultoria de Marketing

    Feira Internacional do Porto, Matosinhos

    info@qspsummit.pt

  • Data Science Analytics Course

    Curso online, dirigido a todos os profissionais e empresas de estudos de mercado, que queiram entender melhor o campo florescente da Data Science.

    30 de junho de 2022

    APODEMO em colaboração com a MRS

    apodemo@apodemo.pt