Portugueses mobilizados para referendo ao aborto

Inqruiridos pelo Barómetro Marktest/DN/TSF em Novembro, os portugueses mostram-se mobilizados para participar no referendo sobre a despenalização do aborto.

Grupo Marktest,  12 dezembro 2006

Inquiridos sobre o tema do próximo referendo sobre a despenalização do aborto, a grande maioria dos portugueses com 18 e mais anos afirmou que irá votar neste referendo (72.7% afirma que irá fazê-lo e 21.2%, não irá votar).

Aos residentes em Portugal Continental foi ainda colocada a seguinte pergunta: "Se neste momento se realizasse o referendo sobre a despenalização do aborto, como iria votar perante a seguinte questão: Concorda ou não com a despenalização da interrupção voluntária da gravidez, se realizada por opção da mulher, nas 10 primeiras semanas, em estabelecimento de saúde legalmente autorizado?". Relativamente a esta questão, 61.2% concordam com a despenalização e 30% não concorda.

Ainda que as respostas afirmativas se sobreponham em quase todos os grupos de inquiridos, as percentagem diluem-se entre os entrevistados com mais de 55 anos, em que 46% concorda com a despenalização e 40.9% não concorda. As percentagens também se aproximam nos inquiridos do Interior Norte: 50.2% concordam com a despenalização da interrupção voluntária da gravidez até às 10 semanas e 41.9% não concorda. Apenas entre os inquiridos cuja intenção de voto é PSD, a resposta não segue a tendência geral: 46.7% concorda com a questão colocada e 48.1% não concorda.

Tendo em conta que é necessária a ida às urnas de pelo menos 50% dos eleitores, foi ainda perguntado se a lei deveria ser alterada, caso o "Sim" vencesse, mas não tivessem votado 50% dos eleitores. Neste caso específico, 56.9% considera que a lei deveria ser alterada, enquanto que 33.1% considera que não.

Por outro lado, votando menos de 50% dos eleitores e se o "Não" vencesse, a maioria dos inquiridos pelo Barómetro (52.1%) consideram que não deveria efectuar-se nenhuma alteração à lei actual.

Veja a Ficha Metodológica do Barómetro Marktest/DN/TSF e consulte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais

  • Symbolic Data Analysis

    A Symbolic Data Analysis (Análise de Dados Simbólicos) está relacionada com o desenvolvimento de novas técnicas estatísticas com vista à análise de bases de dados de grandes dimensões.

    18 a 20 de outubro de 2018

    Associação Portuguesa de Classificação e Análise de Dados

    Instituto Politécnico de Viana do Castelo - Viana do Castelo

    sda2018@estg.ipvc.pt

  • Humans vs. Technology in Research

    18 de outubro de 2018

    MRS - The Market Research Society

    Londres, Inglaterra

    info@mrs.org.uk