China "puxa" mercado publicitário
GroupM, agência do Grupo WPP, prevê que a China ultrapasse os Estados Unidos como maior contribuidor individual para o crescimento do mercado publicitário já em 2006.
Grupo Marktest,  14 dezembro 2006

placeholder Adam Smith, Director do GroupM, agência do Grupo WPP, citado pela WARC e Advertising Age, prevê que a China ultrapasse os Estados Unidos como maior contribuidor individual para o crescimento do mercado publicitário já em 2006.

Segundo estas fontes, a China poderá ser o maior contribuidor individual para o crescimento do mercado publicitário já em 2006, com um crescimento superior a 3,15 mil milhões de euros, superando pela primeira vez os Estados Unidos, cujo crescimento se espera não ultrapasse os 3 mil milhões de euros.

A Nielsen Media Research avalia o mercado publicitário chinês em 27,99 mil milhões de euros em 2005, um valor apenas ultrapassado pelo Japão e pelos Estados Unidos. Neste momento, a questão é saber quando, e já não se, a China vai ultrapassar o Japão.

O mercado publicitário chinês deverá crescer ainda mais em 2007 e, sobretudo, em 2008, impulsionado pelos Jogos Olímpicos de Pequim, que se realizarão naquela cidade em 2008. Provavelmente, esse será o momento do país se tornar no nº 2 em investimento publicitário.

A China continua a ter um crescimento económico de dois dígitos, com o PIB a aumentar 10.5% em 2006 para os 1,93 biliões de euros.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais
  • De momento não há acontecimentos em agenda.