Imagem do Governo ainda negativa
A actuação dos ministros que compõem o actual Governo recebeu, em média, nota negativa dos inquiridos no Barómetro Marktest/DN/TSF de Janeiro, apesar de uma ligeira melhoria face aos resultados anteriores.
Grupo Marktest,  13 fevereiro 2007

placeholderEm Janeiro de 2007, apesar de uma ligeira subida, a avaliação média da actuação dos vários ministros que compõem o actual Governo recebeu nota negativa por parte dos inquiridos no Barómetro Marktest/DN/TSF.

De acordo com os resultados deste Barómetro, o índice médio de avaliação da actuação dos membros do Governo é de -0.5% para o conjunto dos dezassete ministros liderados por José Sócrates.

António Correia de Campos, ministro da Saúde mantém-se como o membro do Governo com pior avaliação. Em sentido oposto encontra-se António Costa, ministro de Estado e Administração Interna, que recebe a melhor nota.

O Primeiro-Ministro, José Sócrates reforça em Janeiro a sua avaliação positiva.

placeholder

O ministro de Estado e Administração Interna, António Costa, foi aquele que recolheu junto dos inquiridos a percentagem de avaliação mais elevada, chegando a Janeiro com 9.8%. Seguiu-se Mariano Gago, ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior com 8.9%, seguido de perto por Luís Amado ministro de Estado e Negócios Estrangeiros com 8.6%.

Em quarto lugar está o Primeiro-Ministro José Sócrates com uma avaliação de 5.9%, seguido de Nuno Severiano Teixeira com 4.2%.

Pedro Silva Pereira, ministro da Presidência e Augusto Santos Silva ministro dos Assuntos Parlamentares, obtiveram respectivamente 2.9% e 2.2%.

Na oitava nona posição ficaram, respectivamente, Alberto Costa ministro da Justiça (com um saldo de 1.6%) e Nunes Correia ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Desenvolvimento Regional (com um saldo de 1.7%).

Nos últimos lugares, dentro de uma avaliação positiva ficaram Fernando Teixeira dos Santos, ministro de Estado e Finanças, com 0.6%, Isabel Pires de Lima, ministra da Cultura, com 0.5% e Manuel Pinho, ministro da Economia e Inovação com 0.1%.

Os restantes ministros obtiveram um saldo de avaliação abaixo do valor médio (-0.5%).

José Vieira da Silva, ministro do Trabalho e Solidariedade Social, obteve -1.4%, seguido de Mário Lino, ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações com -4.7%.

O saldo do ministro Jaime Lopes da Silva (Agricultura e Desenvolvimento Rural e Pescas) não foi além de -8.1%.

As avaliações mais baixas couberam à Ministra da Educação Maria de Lurdes Rodrigues (com um saldo de -13.1%) e ao Ministro da Saúde, António Correia de Campos (com -28.%).

Veja a Ficha Metodológica do Barómetro Marktest/DN/TSF e consulte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais
  • The Art & Science of Inovation

    16 a 18 de junho de 2024

    ESOMAR

    Chicago, EUA

    events@esomar.org

  • 30 anos CNPD

    A Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) realiza uma conferência internacional, integrada nas comemoraçãoes do seu 30º aniversário.

    24 de junho de 2024

    Comissão Nacional de Proteção de Dados

    Sala do Senado, Assembleia da República, Lisboa

    geral@cnpd.pt