O que determina a escolha de um telemóvel?

Que características se valorizam na escolha de um telemóvel? Apesar do consenso em relação às principais características, nem todos os indivíduos as valorizam da mesma forma. É o que indicam os resultados do Barómetro de Telecomunicações da Marktest.

Grupo Marktest,  11 outubro 2007

Para o trimestre móvel de Setembro de 2007, a maioria dos portugueses com mais de nove anos entende que a facilidade de utilização é a característica mais importante na escolha de um telemóvel. Estes indivíduos são cerca de 3,5 milhões e representam 37.4% do universo em estudo.

Este dado é tanto mais interessante, quanto se têm detectado mudanças ao longo dos anos. Em Junho de 2004, os dados do Barómetro de Telecomunicações da Marktest mostravam que o tamanho ou dimensão era a característica que mais utilizadores valorizavam (45.6% das opiniões). No ano seguinte, era o preço a característica mais valorizada (44.6% das opiniões), o que se manteve até 2006 (29.4%). Finalmente, surge em 2007 a facilidade de utilização como a mais importante, o que certamente não se alheia do facto do mercado das telecomunicações ter atingido um nível de maturidade elevado, apresentando por outro lado aparelhos cada vez mais sofisticados e multifacetados que, nalguns casos, necessitam de alguma aprendizagem para a sua utilização.

A segunda característica mais valorizada actualmente é o preço/condições especiais, que é referida por 35.2% dos indivíduos. O tamanho/peso recolhe 29.4% das opiniões, ao passo que a autonomia é apontada por 25.5% dos inquiridos.

Outras características têm menores referências, mas como veremos podem ser extremamente importantes para alguns segmentos da população.

Nem todos valorizam da mesma forma estas características principais. Assim, as crianças entre os 10 e os 14 anos dão maior importância à câmara fotográfica incorporada, referida por 48.6% dos inquiridos nesta faixa etária.

Os jovens entre os 15 e os 24 anos valorizam, pelo seu lado, o design do aparelho, característica apontada por 34.2% dos inquiridos destas idades como a mais importante para a escolha do aparelho.

Para os residentes no Litoral Centro, pelo seu lado, o mais importante é o tamanho/peso, questão referida por 35.9% deles.

Finalmente, para os residentes no Litoral Norte, na região Sul ou nas Regiões Autónomas, tal como para os indivíduos da classe social média, o preço/condições especiais é a característica mais importante (apontada respectivamente, por 41.8%, 40.1%, 34.6% e 36.7% deles).

A análise teve como base indicadores do estudo Barómetro de Telecomunicações da Marktest para o universo composto pelos residentes em Portugal com 10 ou mais anos.Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais