Imagem de Sócrates ao nível mais baixo dos três últimos anos arrasta intenção de voto no PS

Os resultados de Fevereiro do Barómetro Político Marktest colocam as intenções de voto no PS ao nivel mais baixo desde Novembro de 2005 e a imagem de Sócrates nos valores mais baixos dos últimos 3 anos.

Grupo Marktest,  4 março 2008

No Barómetro Político Marktest de Fevereiro de 2008, a intenção de voto no PS cai para os valores mais baixos desde Novembro de 2005, com 36.1%. Relembramos que o PSD obteve 33.4% das intenções de voto dos residentes no Continente, enquanto o PCP/PEV registou 12.8%, o BE 8.0% e o CDS-PP 5.6%.

Os dois principais partidos estão agora separados por 2.7 pontos percentuais apenas, o que configura um empate técnico entre ambos.

A imagem favorável de José Sócrates desce em Fevereiro para os valores mais baixos dos últimos três anos. O índice de imagem de Sócrates, que contabiliza tanto as opiniões negativas como positivas, é neste momento francamente negativo.

Luis Filipe Menezes, que começou a sua liderança em alta, parece não estar a descolar em termos de imagem; está agora quase ao nível com que Luís Marques Mendes deixou a liderança do PSD.

A evolução desde Fevereiro de 2005 da imagem favorável de José Sócrates (a azul) e da intenção e voto no PS (a rosa) no Barómetro Marktest, mostra-nos uma evidente correlação entre os dois indicadores. A imagem de Sócrates parece empurrar as intenções de voto no PS, indicador que parece reagir às variações do primeiro de forma amortecida e retardada. Ou, dito de outra forma, quando a imagem de Sócrates sobe, a intenção de voto no PS sobe, embora menos, e quando a imagem de Sócrates desce, a intenção de voto no PS desce também, mas menos.

Os resultados deste Barómetro estão disponíveis aqui.

Consulte a Ficha Metodológica deste Barómetro ou contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais