Publicidade comercial nas TVs em Janeiro

Publicidade comercial nas TVs em Janeiro

placeholder

Consulte os dados da MediaMonitor relativos à publicidade comercial nos quatro canais nacionais de televisão de sinal aberto para Janeiro de 2011.

Grupo Marktest
22 fevereiro 2011

Em Janeiro de 2011, foram exibidas 49 880 peças publicitárias nos ecrãs da RTP1, RTP2, SIC e TVI, considerando todos os tipos de publicidade à excepção das auto-promoções dos canais. Este montante equivale a uma média diária de 402 inserções de publicidade por canal. Face ao período homólogo do ano anterior, observou-se um aumento de 6.0% no número de inserções publicitárias comerciais.

Nos últimos 12 meses, o valor mais elevado foi observado no mês anterior, Dezembro de 2010, quando se contaram 70 888 inserções de publicidade comercial nestes canais.

No total, os quatro canais emitiram 450 horas de publicidade (excluindo auto-promoções) em Janeiro de 2011, o que representa uma média diária de 3 horas e 38 minutos por canal. Este número evidencia uma subida de 11.7% face ao mês homólogo de 2010.

Nos últimos 12 meses, foi também em Dezembro último que se observou maior duração publicitária, com 508 horas.

Em Janeiro deste ano, a duração média dos spots publicitários foi de 31 segundos, mais dois segundos do que o observado no mesmo período de 2010, mostrando que se exibiram anúncios um pouco mais longos nestes canais.

Esta duração média variou entre os 10 segundos na RTP2 e os 47 segundos na RTP1, sobretudo devido à duração da publicidade de Telecompras, que teve um peso muito significativo na duração publicitária total deste canal.

Relativamente ao período homólogo do ano anterior, a duração média dos spots publicitários aumentou na RTP1 e na SIC, baixou 3 segundos na RTP2 e um segundo na TVI. Na SIC este aumento foi mais significativo, com mais 6 segundos, tendo crescido um segundo na RTP1.

Esta análise foi realizada com recurso ao software MMW/Videotrack da MediaMonitor, para o período compreendido entre 1 a 31 de Dezembro de 2010. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais