Viver em casa arrendada
Grupo Marktest,  9 novembro 2004

placeholder No Continente, são 1,3 milhões os indivíduos com 15 e mais anos que residem em casa arrendada, segundo os dados do estudo Consumidor 2004, da Marktest.

Viver em casa arrendada é comum a 1 342 mil residentes no Continente, que representam 16.1% do universo estudado pelo Consumidor. Esta condição de residência é mais frequente na região do Grande Porto, onde 28.9% dos seus residentes vive em casa arrendada. Também na Grande Lisboa o fenómeno é mais frequente do que na média, com um qaurto dos seus residentes a viverem em casa arrendada. O Litoral Norte é a região do Continente onde menos residentes alugam casa, 10.3%.

Os mais idosos (mais de 64 anos), os indivíduos pertencentes á classe social baixa e os reformados e pensionistas são também aqueles que paresentam maior valor quanto a viver em casa arrendada, respectivamente de 23.5%, 20.7% e 22.7%.

Numa análise do perfil destes indivíduos vemos que 50.4% reside nas regiões da Grande Lisboa ou do Grande Porto, 59.9% é do sexo feminino, 44.6% tem mais de 54 anos, 66.5% pertence às classes sociais média baixa e baixa e 48.2% são trabalhadores não qualificados ou reformados e pensionistas.

placeholder

De acordo com o estudo Brand Index da Marktest, estes indivíduos apresentam genericamente índices de consumo inferiores á média do universo. Registam, no entanto, maior afinidade com marcas como a Ucal, no leite chocolatado, o Óleo Johnson's nos cremes e loções para o corpo, a Velur, nos amaciadores de roupa, a Varel, nas lixívias, ou a Whiskas, na comida para gatos, de que obtêm índices de cosumo/utilização superiores à média. Pelo contrário, registam menor afinidade com marcas como a Mitsubishi, nos automóveis, a Gresso, no leite, a Kit Kat, nos chocolates, a Cintra, nas cervejas, ou a Gillette, nos desodorizantes, de que denotam índices de consumo/utilização abaixo da média do universo.

Esta análise foi realizada com base nos resultados dos estudos da Marktest, Consumidor 2004 e Brand Index 2004. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Alguns produtos relacionados com esta notícia

placeholder

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais