Nielsen Media Research, nos EUA, vai passar a fornecer audiências dos breaks publicitários
A Nielsen Media Research anunciou recentemente que irá fornecer aos seus clientes dos Estados Unidos dados de audiência de televisão para os breaks comerciais.
Grupo Marktest,  18 julho 2006

placeholder Até agora, a Nielsen Media Research fornecia apenas dados para programas, estando neste momento a preparar-se para fornecer também dados de audiência dos espaços comerciais.

Esta decisão surge na sequência do pedido formulado em Janeiro pelas três principais agências de meios daquele país: Mediaedge:cia, MindShare e Mediacom, que detêm uma quota significativa do mercado publicitário.

Os anunciantes norte-americanos poderão assim ter uma ideia mais precisa de quantas pessoas vêem publicidade. A Nielsen não fornecerá, no entanto, dados detalhados anúncio a anúncio, mas apenas para o conjunto dos breaks de cada programa.

A empresa tenciona começar a fornecer estes dados neste Outono, o que permitirá que possam ser usados nas negociações de compra de espaço publicitário para a época 2007-2008 já na próxima Primavera.

Esta decisão foi bem acolhida por anunciantes e agências de meios, que há muito pediam estes dados. A discussão sobre o efeito que a sua distribuição terá na compra de espaço publicitário está agora na ordem do dia nos Estados Unidos.

Na Europa já desde há muito que são disponibilizadas ao mercado as audiências individualizadas dos anúncios publicitários, sendo Portugal um dos países mais avançados neste domínio, consequência da capacidade de medir e processar, de forma parametrizável, as audiências ao segundo.

A decisão da Nielsen nos Estados Unidos poderá ser o primeiro passo para implementar um sistema mais discriminativo como aquele que já se utiliza na Europa e em Portugal e que virá de encontro aos desejos há muito expressos pelos anunciantes.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais
Em Agenda ver mais