Portugueses concentram 90% do património no primeiro banco
Através dos dados relativos ao primeiro quadrimestre do BASEF Banca da Marktest, observa-se que os portugueses concentram cerca de 90% do seu património financeiro no seu banco principal.
Grupo Marktest, 21 agosto 2007

placeholderAtravés dos resultados relativos ao primeiro quadrimestre do Basef Banca da Marktest, observa-se que 89.3% do património financeiro dos residentes no Continente com 15 e mais anos e posse de conta bancária, está depositado num único banco, sendo este por definição o banco com que se trabalha mais.

Apenas 9.3% do património financeiro está depositado num segundo banco, ficando os restantes 1.5% para outros bancos.

placeholder

Analisando o peso do segundo banco na repartição do património, observa-se que os homens são os repartem mais património num segundo banco (12.6% do seu valor), enquanto que nas mulheres esta percentagem é de 8%.

Os indivíduos da classe Alta/Média Alta aplicam num segundo banco 14.4% do seu património financeiro, enquanto os residentes na Grande Lisboa colocam 12.1% do seu património no segundo banco.

Os quadros médios e superiores e os empregados do comércio, serviços e administrativos são os que repartem mais património por outros bancos. 16.1% do património dos primeiros e 14.9% do património dos segundos está no segundo banco.

placeholder

Esta análise foi realizada com base nos resultados do primeiro quadrimestre de 2007 do estudo Basef Banca da Marktest. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais