A duração da publicidade

Grupo Marktest,  7 setembro 2004

No primeiro semestre de 2004 os quatro canais nacionais de sinal aberto emitiram perto de 2000 horas de publicidade comercial, de acordo com os dados da MediaMonitor.

De Janeiro a Junho de 2004, RTP1, 2:, SIC e TVI foram responsáveis pela emissão de quase 2000 horas de publicidade, uma média diária de duas horas por canal. Estes valores não incluem spots de auto-promoção dos canais nem telecompras e representam um aumento de 5.5% em relação ao ocorrido no mesmo período do ano anterior.

No primeiro semestre de 2004, a TVI emitiu 36.7% da publicidade televisiva, a SIC passou 36.4%, a RTP1 garantiu 23.3% e a 2: transmitiu 3.6%.

Este padrão sofreu algumas alterações ao longo do semestre. De facto, em Janeiro a SIC foi responsável pela maior fatia da emissão de publicidade, com 36.7% do total. Em Fevereiro e Março esse papel foi assumido pela TVI, que garantiu 37.9% e 37.3% do total, respectivamente. Em Abril, foi novamente a SIC que mais horas emitiu, 37.3% do total. Em Maio, a TVI retomou a liderança na emissão de publicidade, com 37.5% do total e em Junho foi a SIC que garantiu maior emissão de publicidade, com 36.6% do total.



Uma análise mensal mostra como a curva da duração publicitária segue naturalmente a curva do investimento publicitário, registando aumentos sucessivos de Janeiro a Maio e uma quebra em Junho. No período em análise, foi em Maio que se registou maior duração da publicidade, com a emissão de quase 317 horas. No mês seguinte, o valor baixa para as 262 horas.

Face ao primeiro semestre de 2003, a duração de publicidade cresce 5.5%, tendo-se registado o maior incremento na SIC, que aumenta 12.9% e na 2:, com mais 8.0%. A TVI evidenciou uma variação positiva de 6.0% e a RTP1 foi, pelo, contrário, o único canal que passou menos publicidade, descendo 5.4%.

A análise foi realizada com o software Videotrack da MediaMonitor. Consulte-nos para mais informações sobre este assunto.

Notícias da mesma semana

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais