Sondagens autárquicas actualizadas

Grupo Marktest,  4 outubro 2005

O Dossier sobre sondagens para as próximas eleições autárquicas conta com informação actualizada, acompanhando a publicação na imprensa das sondagens relativas aos vários concelhos do país.

O Dossier Autárquicas 2005, actualizado regularmente sempre que resultados de novas sondagens são publicados, conta já com 59 sondagens realizadas para 33 concelhos do país. Lisboa, com 5 sondagens, Faro e Oeiras, com 4 sondagens e Braga, Gondomar e Porto, com 3, cada um, são os concelhos com mais sondagens publicadas até ao momento. Para Águeda, Amarante, Aveiro, Barreiro, Coimbra, Felgueiras, Leiria, Guarda, Leiria, Santarém e Sintra foram publicadas 2 sondagens e relativamente aos restantes concelhos, uma.

A Eurosondagem foi a empresa que mais sondagens realizou, com 18. O GEMEO/IPAM realizou 13 sondagens, tendo as restantes empresas realizado no total 28 sondagens.

Quanto aos órgãos de comunicação social que até à data divulgaram resultados de sondagens, o Diário Regional de Aveiro e o Expresso/SIC/Renascença foram os que maior número editaram, num total de 10 sondagens. Correio da Manhã e Público/Antena 1/RDP divulgaram resultados de 4 sondagens; no (agora extinto) Comércio do Porto n'O Interior e no Diário de Notícias da Madeira/TSF Madeira foram publicadas 3 sondagens e o Diário de Coimbra e Jornal de Notícias/TSF divulgaram duas sondagens. Em 176 títulos, 14 deles, publicações regionais, saíram também resultados de sondagens para as autarquias (uma em cada).

Nestas sondagens publicadas pela imprensa foram realizadas mais de 36 000 entrevistas e a grande maioria delas (88.0%) recorreu ao método da entrevista telefónica. Apenas 1.7% destas entrevistas foram realizadas pelo método face to face e 10.3% pelo método de simulação de voto em urna.

A Eurosondagem foi responsável pela condução de 42.0% destas entrevistas, o GEMEO/IPAM por 15.5%, a Universidade Católica por 14.6%, sendo as restantes empresas responsáveis por 27.8% do total de entrevistas.

No seu conjunto, a dimensão média destas sondagens é de 613 entrevistas por sondagem, mas uma análise por empresa mostra uma grande amplitude deste valor, que varia entre as 229 entrevistas por sondagem, na REGIPOM e as 1060 entrevistas por sondagem, na Universidade Católica.

As sondagens mais recentes disponíveis no Dossier Autárquicas 2005 dizem respeito aos concelhos de Aveiro, Barreiro, Braga, Estarreja, Faro, Gondomar, Guarda, Lisboa, Oeiras, Ponta do Sol, Santa Cruz e Torres Novas.

Em Aveiro, onde já haviam sido realizadas duas sondagens, as projecções da sondagem telefónica do GEMEO/IPAM realizada entre 22 e 24 de Setembro (500 entrevistas) dão ao PS e ao PSD valores próximos, respectivamente 47% e 44% das intenções de voto dos residentes neste concelho.

No Barreiro, a sondagem telefónica da Regipom realizada no dia 28 de Setembro (450 entrevistas) coloca o PS à frente nas intenções e voto, com 46.25%, seguido da CDU, com 34.75%.

Relativamente a Braga, foram recentemente divulgados resultados de duas sondagens. Na sondagem telefónica da Eurosondagem realizada entre 7 e 8 de Setembro (1010 entrevistas), a tendência de voto indica Mesquita Machado do PS como provável vencedor, com 50% das intenções de voto, seguido de Ricardo Rio da coligação PSD/CDS-PP, com 33% dos votos projectados. A sondagem do IPOM, pelo seu lado, mostra estes dois candidatos com valores próximos, respectivamente de 34.9% e 31.9%. Esta sondagem telefónica foi realizada de 24 a 25 de Setembro (599 entrevistas).

Em Estarreja, a sondagem realizada pelo GEMEO/IPAM entre 14 e 16 de Setembro (500 entrevistas) dá a José Eduardo Matos (CDS-PP/PSD) 61% das intenções de voto e a Teixeira da Silva (PS) 30%.

Em Faro, onde já haviam sido realizadas duas sondagens, os resultados da sondagem realizada pela Universidade Católica entre 24 e 25 de Setembro, de 1020 entrevistas com voto em urna no domicílio, mostram José Apolinário (PS) com 43% das intenções de voto dos residentes neste concelho e José Vitorino (PSD) com 34%.

Esta semana foram divulgados resultados de duas novas sondagens para o concelho de Gondomar, onde já havia sido realizada uma outra sondagem. Ambas as sondagens dão a Valentim Loureiro (Gondomar no Coração) uma clara vantagem face aos restantes candidatos. Na sondagem telefónica da Marktest realizada entre 30 de Setembro e 1 de Outubro (402 entrevistas) este candidato recolhe 42.5% das intenções de voto (sem distribuição de indecisos) e a Manuel Martins (PS) 12.2%. A sondagem realizada pela Universidade Católica entre 24 e 25 de Setembro, com 1187 entrevistas de voto em urna no domicílio, também dão a Valentim Loureiro a maioria das intenções de voto, com 50%, face aos 22% de Manuel Martins (PS).

Na Guarda, onde também já havia sido realizada uma outra sondagem, a sondagem telefónica da REGIPOM de 22 de Setembro (300 entrevistas) mostra os dois principais candidatos com valores muito próximos, com 26.67% para o PS e 26% para o PSD.

Em Lisboa, onde já haviam sido realizadas 4 sondagens, os resultados da sondagem telefónica realizada pela Aximage entre 24 e 27 de Setembro (500 entrevistas) mostram Carmona Rodrigues com 39.9% das intenções de voto, seguido de Manuel Maria Carrilho, com 25.7%.

O concelho de Oeiras foi objecto de mais duas sondagens, publicadas esta semana. São quatro, neste momento, as sondagens publicadas sobre Oeiras. Os resultados de ambas as sondagens confirmam o empate técnico entre os dois principais candidatos. Na sondagem telefónica realizada pela Marktest entre 30 de Setembro e 2 de Outubro, Isaltino Morais (Oeiras mais à frente) recolhe 25.2% das intenções de voto (sem redistribuição de indecisos) e Teresa Zambujo (PSD) 23.5%. Os resultados da sondagem realizada pela Universidade Católica entre 24 e 25 de Setembro, com 1052 entrevistas de voto em urna no domicílio, mostram Isaltino Morais com 34% das intenções de voto e Teresa Zambujo com 33%.

Em Ponta do Sol, na Madeira, a sondagem telefónica da Eurosondagem realizada entre 21 e 22 de Setembro (320 entrevistas) indica igualmente um empate entre Rui Marques (PSD) e Manuel Coelho (PS), que recebem 42.5% e 41.6% das intenções de voto dos seus residentes, respectivamente.

Em Santa Cruz, também na Madeira, a sondagem telefónica da Eurosondagem realizada entre 26 e 27 de Setembro (505 entrevistas) dão a José Alberto Gonçalves (PSD) uma vantagem face ao candidato do PS, Filipe Sousa, com o primeiro a recolher 43.9% das intenções de voto e o segundo 29.3%.

Finalmente, em Torres Novas, a sondagem telfónica da REGIPOM realizada entre 17 e 21 de Setembro (300 entrevistas) dá a António Rodrigues (PS) uma clara vantagem, com 50% das intenções de voto dos residentes neste concelho, face aos 11.3% de Nuno Santos (PSD).

Para estar actualizado sobre estas sondagens e para conhecer os vários concelhos do país, consulte o nosso Dossier ou contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais