Recuperação da imagem dos políticos

Grupo Marktest,  10 novembro 2005

Os dados do Barómetro Marktest/DN/TSF de Outubro mostram uma subida generalizada do saldo de imagem (diferença entre as opiniões que classificam positivamente a sua actuação e aquelas que a classificam de forma negativa) dos líderes partidários com assento parlamentar, assim como a subida do saldo de imagem do Presidente da República e do Presidente da Assembleia da República.

Salienta-se também o facto de que são o Presidente da Assembleia da República, Jaime Gama e o Presidente da República, Jorge Sampaio, os políticos que apresentam maior diferencial positivo no seu saldo de imagem.

O Presidente da República, Jorge Sampaio é o que regista saldo de imagem mais positivo, com 59%. Também Jaime Gama, Presidente da Assembleia da República, viu recuperado o seu saldo de imagem, chegando a Outubro com 33.9%.

Relativamente aos líderes dos partidos com assento parlamentar, Jerónimo de Sousa, líder do PCP, mantém-se como o que tem saldo de imagem mais positivo, chegando a Outubro com 26.3%.

Francisco Louçã, líder do Bloco de Esquerda, também mantém o segundo lugar, com um saldo de imagem de 16.7%.

Tendo em conta os líderes cujo saldo de imagem é negativo, José Sócrates, Primeiro-Ministro e líder do PS, é o que apresenta o resultado menos negativo, -5.1% em Outubro, quando em Setembro atingia os -25%.

Também Marques Mendes, líder do PSD, apresentou uma considerável subida no saldo de imagem: de -30.4% em Setembro, para -6.1% em Outubro.

Ribeiro e Castro foi o líder partidário que apresentou a subida menos expressiva, sendo também o político com pior saldo de imagem (-27.5%).

O Barómetro Marktest/DN/TSF é realizado regularmente junto dos residentes no Continente com 18 e mais anos. Para mais informações consulte a Ficha Metodológica deste Barómetro ou contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais