Satisfação com a rede móvel

Grupo Marktest,  2 fevereiro 2006

De acordo com os resultados de Novembro de 2005 do Barómetro de Telecomunicações da Marktest, os possuidores de telemóvel estão satisfeitos com os operadores a que se encontram ligados os seus telemóveis.

Quando solicitados a pronunciar-se sobre o seu grau de satisfação com o operador a que se encontra ligado o número de telemóvel, 20.8% dos inquiridos no Barómetro de Telecomunicações no trimestre móvel de Novembro de 2005, possuidores ou utilizadores de telemóvel e com idades entre os 14 e os 64 anos dizem-se totalmente satisfeitos, atribuindo-lhes a nota 10. Apenas 0.2% dos entrevistados dão a nota mais baixa (1) ao seu operador.

Numa escala de 1 (nada satisfeito) a 10 (totalmente satisfeito), o valor médio no trimestre móvel de Novembro de 2005 é de 8.05, evidenciando assim um grau de satisfação global elevado.

Todos os aspectos inquiridos recebem avaliações positivas. Apenas a cobertura no interior dos edifícios e a rede de lojas do operador têm "nota" inferior a 8, respectivamente 7.47 e 7.80.

Uma análise por classe social mostra como os indivíduos das classes alta e média alta são os mais exigentes, ao evidenciarem níveis de satisfação abaixo da média em todos os aspectos considerados. Pelo contrário, os inquiridos da classe social baixa são os que mostram índices de satisfação mais elevados.

De resto, a qualidade das comunicações é o aspecto melhor avaliado pela globalidade dos inquiridos, com um índice de 8.19 para a média do universo. Todos são unânimes em dar pior avaliação aos aspectos já referidos, a cobertura no interior dos edifícios e a rede de lojas do operador.

A análise teve como base indicadores do estudo Barómetro de Telecomunicações da Marktest para o universo composto pelos residentes em Portugal com idades entre os 15 e os 64 anos. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais