O concelho de Lisboa visto à lupa

Lisboa prepara-se para ir a votos em Julho. Conheça a capital do país, com base nos dados disponíveis no sistema de informação Sales Index da Marktest.

Grupo Marktest,  24 maio 2007

Os lisboetas vão ser chamados a eleições intercalares para a Câmara Municipal no próximo dia 15 de Julho de 2007. Neste momento, em que se perfilam os candidatos e se definem as estratégias eleitorais, importa conhecer o concelho mais populoso do país. Lisboa pode ser vista à lupa com base nos dados disponíveis no sistema de informação Sales Index da Marktest.

Ocupando uma área que corresponde a 0.1% do território nacional, concentra 5% da população aí residente e 11% do poder de compra do Continente.

O concelho de Lisboa tem, segundo as estimativas do INE, 520 mil habitantes, tendo perdido 287 mil residentes nos últimos 25 anos. Mesmo assim, é o concelho mais populoso do país, com um valor 15 vezes acima da média nacional.

Em termos demográficos, apresenta uma estrutura envelhecida, com 24% de idosos (acima de 64 anos) e 13% de jovens (com menos de 15 anos). 38.7% da população pertence às classes sociais alta e média alta.

Os prédios transaccionados em Lisboa correspondem a 6% do total transaccionado no país, num valor médio de 200 mil euros por prédio, mais do dobro do valor médio nacional.

A estrutura empresarial da capital é profundamente terciária, com 70% dos estabelecimentos empresariais nesse sector. O concelho concentra 9% do total de empresas do Continente e 29% da sua facturação.

As pessoas ao serviço nestas empresas representam 13% do total do Continente e 89% delas trabalha no sector terciário. Na sua maioria têm instrução secundária e o seu ganho médio mensal situa-se entre os 1461 euros (para os homens) e os 1072 euros (para as mulheres).

A capital possui cerca de 20 mil estabelecimentos comerciais, 9% do Continente, e 113 grandes superfícies (com mais de 250 m2). Estas, ocupam mais de 172 mil m2, cerca de 8% do total nacional.

Em Lisboa estão localizadas 730 dependências bancárias (11% do total), que captam 28% dos depósitos e 43% do crédito bancário. Os caixas ATM do concelho movimentam 2,8 mil milhões de euros em levantamentos por ano e os POs processam pagamentos de 3,8 mil milhões de euros por ano.

No plano turístico, o concelho concentra 9% dos estabelecimentos e 12% das camas, que recebem anualmente mais de 2 milhões de hóspedes e 5 milhões de dormidas.

Na oferta cultural, o concelho possui 40 museus, 159 galerias de arte e 104 salas de cinema. Estas, recebem 4,7 milhões de espectadores e geram receitas superiores a 20 milhões de euros.

Em termos de equipamentos de saúde, Lisboa possui 40 hospitais, 17 centros de saúde e 290 farmácias. No concelho, residem 20% dos médicos inscritos na Ordem dos Médicos.

Quanto aos índices de desenvolvimento regional criados pela Marktest, Lisboa concentra 11% do poder de compra do Continente e 13% do índice de rendimento. O seu índice de consumo é duas vezes superior à média do Continente.

Esta análise foi realizada com base nos dados disponíveis no sistema de informação Sales Index da Marktest. Estes dados estão disponíveis no seguinte documento. A análise pode ser realizada para outros concelhos, a pedido. Contacte-nos se pretende mais informação sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais