Investimento em Janeiro de 2005

MediaMonitor,  3 março 2005

Em Janeiro a publicidade dedicada aos 5 meios tradicionais - televisão, rádio, imprensa, exterior e cinema - foi de cerca de 210 415 295 euros, valor a preço tabela que se verificou para todas os anúncios controlados até à data pela MediaMonitor.

Televisão contou com 65,5% do valor dedicado à publicidade o que lhe valeu um valor próximo dos 138 milhões de euros para 74164 inserções transmitidas pelos diversos canais.

Imprensa teve 19 534 anúncios, para as publicações já analisadas, sendo responsável por 21% de budget. Exterior, foi responsável por 7,1% do investimento total dos meios. Rádio contribuiu com 6% de investimento e cinema apenas contribuiu com 0,4% o que representou um volume de negócio de 796 650 euros.



A Indústria da alimentação foi o sector que mais investiu optando por todos os meios, a Indústria automóvel ficou com o 2º lugar. A terceira posição ficou ocupada pelo Sector Bancário, o Comércio ocupou o 4º lugar e a Higiene Pessoal o 5º, estas 5 primeiras posições contribuíram com 45,89% do investimento.

Apenas 2 anunciantes pertencentes ao sector da alimentação se encontram no Top, são eles o ocupante do primeiro lugar, a Danone Portugal SA, e a Nestlé. Da indústria automóvel não há representação no top 10 mas do sector bancário são registadas as presenças do Grupo Banco Comercial Português e do Banco Português do Investimento. A representar o comércio está o Modelo Continente SA, o sector da higiene pessoal é representado pela LeverElida, as telecomunicações pelo ocupante do 3º lugar e do 10º, a Vodafone Telecel e as Telecomunicações Móveis Nacionais e apenas existe mais um anunciante no Top pertencente ao sector dos serviços pessoais que é a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

Análise efectuada com base nos softwares MediaMonitor.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais