Banda larga ultrapassa dial-up no Reino Unido

Grupo Marktest,  11 agosto 2005

Em Junho, a Ofcom, a autoridade reguladora e de concorrência para a área de media e telecomunicações no Reino Unido, anunciou que o número de bretões que acedem à internet via banda larga é já superior ao número daqueles que o fazem por ligações dial-up.

No Reino Unido, o sector das telecomunicações gerou receitas de 67,7 mil milhões de euros (44,6 mil milhões de libras) em 2004. Deste valor, 53,2 mil milhões de euros são relativos ao mercado de retalho, que cresceu 5% face a 2003.

No mesmo ano, as receitas do serviço móvel, de 12,3 mil milhões de euros, superaram as do serviço fixo, pela primeira vez.

O número de subscritores de acesso à internet por banda larga também ultrapassou o número de subscritores de serviços dial-up. No final de 2004, eram 6 milhões os lares no Reino Unido com ligação à internet por banda larga, mais 90% do que no ano anterior, e no final de Junho de 2005 esse número já se situava nos 8.1 milhões. A banda larga está assim presente em quase 30% dos lares e empresas do Reino Unido, mais do que duplicando relativamente ao ano de 2003.

O Reino Unido está também a tornar-se mais digital. Cerca de 60% dos lares recebem televisão digital. Na rádio, 36% dos adultos que têm televisão digital também ouvem rádio através dos seus equipamentos de Tv e 19% dos adultos utilizadores de internet ouvem rádio online.

Os preços das telecomunicações mostram uma tendência para baixar e a velocidade das ligações tende a aumentar. Este facto gerará oportunidades para o desenvolvimento de novos produtos, como por exemplo a distribuição de conteúdos televisivos por linhas telefónicas. É que a tendência para fazer downloads de música, ouvir rádio, jogar em rede ou ver televisão online é muito superior quando se possuem ligações de banda larga.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais

  • Portugal Smart Cities Summit

    Esta exposição tecnológica (que tem o apoio institucional do Ministério da Economia, do Ministério do Ambiente e do Ministério da Ciência e Tecnologia, bem como do Secretário de Estado da Energia), conta com a participação de Municípios, Startups, PMEs e Universidades.

    22 a 24 de setembro de 2020

    Fundação AIP

    FIL, Parque das Nações, Lisboa

    elisabete.martins@ccl.fil.pt

  • ONSeries Lisboa

    Nesta mostra de conteúdos televisivos de ficção nacional, estarão presentes potenciais compradores de todo o mundo.

    28 e 29 de setembro de 2020

    Inside Content

    Centro Cultural de Belém, Lisboa