Expectativa baixa em Outubro

Depois de quatro meses de melhoria da expectativa dos portugueses, em Outubro o índice baixa, como o mostram os resultados do Barómetro Marktest/DN/TSF.

Grupo Marktest,  3 novembro 2006

No mês de Outubro, os valores apresentados para o Índice de Expectativa do Barómetro Marktest/DN/TSF, voltaram a descer, após a subida que vinha a verificar-se desde Maio de 2006.

O valor apresentado em Outubro de 2006 (34 pontos) significou uma queda de 21.8% relativamente ao mês anterior. Ainda assim, comparando com o período homólogo, observa-se um aumento de 29.2%.

A população feminina mantém-se mais pessimista, com 29.1 pontos, comparativamente à masculina, que obteve 39.2 pontos.

Os mais jovens (18 a 34 anos) mantêm-se menos pessimistas, com um índice de 42.9 pontos, apesar da quebra mensal de 14.3% que apresentaram. Com valores bastante inferiores, estão os entrevistados com mais de 55 anos (com um índice de 29.9) seguidos de perto pela população entre os 35 e os 54 anos (com 29.8 pontos).

Os entrevistados que dizem tencionar votar PS mantém-se no limiar do optmisimo moderado, com um índice de expectativa de 52.8 pontos, mas registam uma quebra mensal de 17.0%. Entre os que têm como intenção votar PSD, o índice não excede 32.8 pontos, registando uma quebra de 16.1% face a Setembro.

Por região, observa-se um decréscimo generalizado das expectativas. Em Outubro, o Grande Porto foi simultaneamente a região com menor índice de expectativa (31.9) e a região onde se observou o decréscimo mais acentuado entre Setembro e Outubro (-29%). Seguiu-se o Interior Norte, com um índice de 32.4 e o Litoral Norte com 33.9. A região Sul obteve um índice de 34.8, sendo a região com um decréscimo menos acentuado entre Setembro e Outubro (-13%). Com valores aproximados, ficaram a Grande Lisboa e o Litoral Centro, respectivamente com 35.2 e 35.9.

O Barómetro Marktest/DN/TSF é realizado regularmente junto dos residentes no Continente com 18 e mais anos, do qual consta o Índice de Expectativa. Este índice resulta do tratamento das respostas dadas a duas questões: "Pensa que daqui a um ano a sua situação económica e pessoal e a do seu agregado familiar será Melhor, Igual ou Pior?" e "E em relação à situação económica do país, pensa que adqui a um ano ela será Melhor, Igual ou Pior?". Consulte a Ficha Metodológica deste Barómetro.

Para mais informações sobre este assunto, contacte-nos

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais