21,5 milhões de inserções publicitárias

Foi este o número apurado pela MediaMonitor para o primeiro semestre de 2006, numa análise para os meios televisão, rádio, imprensa, cinema e outdoor.

Grupo Marktest,  27 julho 2006

De Janeiro a Junho de 2006, os anunciantes portugueses colocaram um total de 21560 mil inserções publicitárias nos cinco principais meios above the line.

O mês de Março foi o que registou maior pressão publicitária, com 4978 mil inserções, 23.1% do total aplicado no semestre.

Em valor, a maior fatia do total investido no primeiro semestre do ano, a preços de tabela, foi dirigida à televisão, com 70.3%. A imprensa captou 18.2% dos montantes totais, cabendo 11.5% aos restantes meios analisados pela MediaMonitor.

A Reckitt Benckiser foi o maior investidor do semestre, com um share of voice de 2.6% face ao total do mercado publicitário e de 8.4% face ao total dos 20 maiores anunciantes.

A Procter & Gamble foi o segundo maior anunciante do semestre, com um share of voice de 2.0% face ao total do mercado publicitário e de 6.7% face ao total dos 20 mais.

Na terceira posição, colocou-se a Unicer, com 2.0% do total e 6.6% dos 20 maiores anunciantes.

No seu conjunto, os 20 maiores anunciantes colocaram 30.7% do valor publicitário registado em Junho deste ano, em preços de tabela.

Os maiores investidores privilegiaram, mais do que a média, a televisão - para onde canalizaram 85.5% dos seus budgets. Para a imprensa, dirigiram 5.5%, ao outdoor atribuiram 4.6%, à rádio 4.0% e ao cinema 0.3%.

Esta análise foi realizada com recurso ao software MMW/Admonitor da MediaMonitor, para o período compreendido entre 1 de Janeiro e 30 de Junho de 2006. Contacte-nos para mais informações sobre este assunto.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais