Cozaar é o fármaco mais recordado pelos médicos portugueses
Segundo os resultados do estudo Bareme Pharma da Novadir, o Cozaar (Losartan) é o fármaco com maior índice de notoriedade junto dos médicos portugueses, ao qual associam eficácia" e "segurança".
Novadir, 20 março 2007

placeholder

Cada clínico inquirido, em média, recorda-se espontaneamente de 3,5 marcas de laboratórios

Segundo os resultados do novo estudo da Novadir, Bareme Pharma, a Merck Sharp & Dohme é a companhia top of mind dos médicos inquiridos, sendo também a de maior notoriedade espontânea total, com 50% a referirem esta marca. A Bial é a segunda marca mais referida em espontâneo, com 39% de notoriedade, seguida da Pfizer com 37%.

Os médicos que referem conhecer a Merck Sharp & Dohme, têm um índice de familiaridade elevado com a marca, contudo, é a Novartis a marca que apresenta maior índice de familiaridade junto dos médicos que a referem conhecer.

Uma companhia "Ideal", segundo os inquiridos deve ser essencialmente uma companhia "orientada à melhoria da vida humana", "com padrões de ética e integridade" e "de investigação". É o laboratório Novartis o que apresenta um posicionamento mais próximo deste "ideal", contudo é a MSD a companhia que apresenta um carácter de marca mais forte.

O Cozaar (Losartan) é o fármaco top of mind de recordação de visitação de DIM's

No que se refere a áreas terapêuticas, a área "cardiovascular" (hipertensão) é claramente uma das mais recordadas pelos médicos inquiridos, uma vez que, em espontâneo, 82% dos médicos referem esta área. Este facto não será de estranhar se tivermos presente que as doenças cardiovasculares são uma das principais causas de morte e incapacidade em todo o mundo e constituem a principal causa de morte no nosso país (responsáveis por cerca de 40% dos óbitos em Portugal).

A segunda área terapêutica mais referida pelos médicos é a "infecciologia" (anti-infecciosos), com 52% de recordação em espontâneo.

Em termos de associação de áreas terapêuticas a companhias farmacêuticas, verifica-se que a área "cardiovascular" (hipertensão) é essencialmente associada à Merck Sharp & Dohme e a "neurologia" associada essencialmente à Pfizer. Quanto aos grupos de fármacos "anti-infecciosos" e "anti-inflamatórios" estes são associadas essencialmente à Bayer.

placeholder No que concerne a fármacos ou moléculas, os médicos inquiridos quando questionados sobre quais os que mais se recordam de ter sido visitados nos últimos meses por DIM's, o Cozaar (Losartan) é o fármaco top of mind, com 10% de referências, sendo também o fármaco com maior recordação total espontânea (com 16%).

O Diovan (Valsartan) é o segundo fármaco de maior recordação total espontânea (com 9%), seguido do Clavamox (Amoxicilina + Ácido clavulânico) e do Zarator (Atorvastanina). Ao Cozaar é essencialmente associada a "eficácia" e a "segurança", como os aspectos considerados mais importantes que retiveram da informação do fármaco, sendo que as literaturas e monografia são os principais meios de suporte que os médicos se recordam que os DIM's utilizaram.

Em termos de associação correcta ou confusa de produtos às respectivas companhias farmacêuticas, os laboratórios a que mais são associados erradamente produtos são a Pfizer, Novartis e Bayer, ou seja, ou médicos inquiridos referiram vários fármacos como sendo destes laboratórios, sendo no entanto de outros laboratórios. A Bial foi o único laboratório que não registou "associação confusa".

40% dos médicos referem ter sido convidados, no último mês, para participar em eventos de carácter científico (congressos, simpósios, ...)

Já no que concerne às acções de Marketing, e em concreto à valorização dos diferentes meios de divulgação de informação científica, para os médicos inquiridos as "reuniões cientificas com investigadores" são claramente as acções mais valorizadas, principalmente pelos "médios e grandes prescritores". Já a "visita dos DIM's" é considerada de relativamente importante, contudo ainda são consideradas importantes para os "pequenos prescritores". Quanto a apoios da industria farmacêutica mais valorizados, em termos de formação profissional, são essencialmente os congressos educacionais, seguido de apoio a nível de livros científicos.

Para mais informações sobre este estudo, contactar:
Novadir

Telf. +351 21 358 33 10



Ficha Técnica:

Estudo regular realizado pela Novadir, junto de uma amostra aleatória de 200 médicos que praticam Clínica Geral e Medicina Familiar em Portugal Continental e Ilhas (para um intervalo de confiança de 95% o nível de erro é de ± 6,84 pp). A amostra foi ponderada para o universo. A selecção dos médicos foi aleatória a partir da base de dados médica da Novadir, realizada para os locais de trabalho - Centros de Saúde, Hospitais e Consultórios. A informação foi recolhida por entrevista telefónica através do método de CATI , durante Novembro e Dezembro de 2006.

Arquivo de notícias

Em Agenda ver mais