Médicos Portugueses têm o hábito de ler mais jornais e revistas semanais do que jornais diários

Segundo o Estudo de Audiência da Imprensa Médica da Novadir, os Médicos que praticam Clinica Geral e Medicina familiar têm mais hábito de ler ou folhear jornais e revistas semanais do que jornais diários de informação geral.

Novadir,  1 junho 2006

Segundo o Estudo de Audiência da Imprensa Médica da Novadir, 70% dos Médicos que praticam Clinica Geral e Medicina familiar têm o hábito de ler ou folhear jornais diários de informação geral, sendo o Público o Jornal mais lido por este target. Relativamente aos jornais e revistas semanais, 82% refere ler ou folhear este tipo de imprensa, sendo o Expresso o Jornal de maior penetração.

Relativamente ao hábito de ouvir Rádio, cerca de 99% referem ter o hábito de ouvir rádio e, destes, 89% dizem que ouvem rádio diariamente.

Quanto ao meio Televisão, 99% dos médicos referem ter o hábito de ver televisão, e destes, 76% fazem-no todos ou quase todos os dias.

Estas e outras conclusões resultam da 1ª Vaga de 2006 do Estudo de Audiência da Imprensa Médica, da NOVADIR, disponibilizada este mês de Maio, em que os Médicos de Clínica Geral e Medicina Familiar foram convidados a falar sobre os seus hábitos de leitura de Imprensa Médica.





Ficha Técnica:

Estudo regular realizado pela NOVADIR, junto de uma amostra aleatória de 303 médicos que praticam Clínica Geral e Medicina Familiar em Portugal Continental e Ilhas (para um intervalo de confiança de 95% o nível de erro para o total da amostra é de ± 5,5 pp). A selecção dos médicos foi aleatória a partir da base de dados médica da NOVADIR, realizada para os locais de trabalho (Centros de Saúde, Hospitais e Consultórios). A informação foi recolhida por entrevista telefónica através do método de CATI, durante Março e Abril de 2006.

Arquivo de notícias

Clipping

ver mais

Em Agenda ver mais